chama violeta  Pager

Plenilúnio de Virgem


Sexta feira 31 de agosto de 2012 13:57hs pm T.U. (Tempo Universal GNT

Calcualar o horário em menos 3. ( Tempo Brasilia )


 



Nota chave: "
"Sou a Mãe e o Filho, sou Deus, sou Matéria"



Neste mês, durante o Festival de Virgem, recordemos que estamos trabalhando em meditação junto com milhares de pessoas em todo o mundo. Esses meditadores, trabalhando individualmente ou em grupos, estabelecem uma aproximação junto à Hierarquia durante a Lua Cheia e, como grupo mundial, tornam-se receptivos à corrente de energia disponível e agem em conformidade. Portanto, para participar plenamente nesse serviço é necessário que, ao preparar-nos para meditar nos convertamos em uma parte consciente deste grande e crescente grupo de serviço. Podemos fazê-lo simplesmente mediante o poder do pensamento ao nos enlaçarmos conscientemente com este centro iluminado de meditação e nos identificarmos com ele. Assim, nosso trabalho se distingue no grupo, ao mesmo tempo em que realizamos nossa contribuição.

Devemos também nos lembrar de um fato essencial durante o trabalho a ser realizado no momento da Lua Cheia. “Do ponto de vista da verdade esotérica, as constelações, os signos do zodíaco e os planetas são simplesmente vidas encarnadas: “São vidas manifestando-se através das formas de planetas e constelações, que são a expressão da vida, da qualidade, do propósito e da intenção dos Seres que os trouxeram à manifestação.” 

As energias qualificadas por essas “Vidas encarnadas” fluem seqüencialmente através do nosso sistema solar, através do planeta e através do campo da consciência humana. Elas alcançam seu ponto mais elevado no instante exato em que a Lua Cheia adquire essa forma, pois nesse momento a Lua encontra-se fora do caminho, permitindo um alinhamento direto e sem obstáculos entre a Terra e o Sol, nossa fonte de vida e energia.

Neste Festival, a energia da Constelação de Virgem está qualificando as forças extra-planetárias que circulam ao nosso redor. Virgem é o princípio material e materno, alimentando a semente da divindade presente no coração de cada ser humano. Virgem proporciona as condições de aconchego, calor e quietude necessárias à toda gestação. Virgem aceitou a tarefa de dar a luz ao Cristo, que é o destino final de todo ser humano.

Existe certo número de idéias chave que emergem ao se estudar as possibilidades inerentes à experiência de Virgem. Uma é esta: “Virgem concerne à totalidade da meta do processo evolutivo de proteger, alimentar e, finalmente, revelar a realidade espiritual oculta”. “Esta é a alma, o Cristo, o princípio de amor. Cristo em nós, esperança de vida”.

Trata-se de uma afirmação dramática, porém que encarna a verdade sobre a missão de Virgem. Nesse segundo sistema solar, a meta evolutiva para a humanidade é trazer o princípio interno da alma, o Cristo, a uma plena e perfeita manifestação. A este segundo sistema solar ainda restam milhões de anos adiante e, embora possamos considerar que tenhamos tempo de sobra, atualmente é algo urgente, pois devido às conquistas de certos indivíduos do reino humano, a humanidade inteira pode conseguir um avanço significativo. Estas oportunidades especiais sempre ocorrem em momentos decisivos da história, como os que estamos atravessando na atualidade.

Nesse processo de revelação da alma, a influência de Virgem é de enorme importância devido à qualidade e o potencial espiritual da matéria, que defende, nutre e protege até que chegue o tempo de sua aparição. Atualmente, a humanidade chegou ao ponto em que os primeiros sinais de manifestação são aparentes. Por isso a luta, por isso o conflito entre o habitual controle da matéria ou materialismo e os emergentes valores novos do Cristo interno na alma humana.

Temos outro enunciado chave: “O fim da humanidade é fazer tangível e objetivo a finalidade para a qual todo o processo criativo esteve pensado”. Isto se encontra envolvido com o processo redentor. Deveríamos ser capazes, através da influência da alma, do Cristo em nós, de redimir os aspectos puramente materiais da natureza de nossa personalidade, de refinar a forma material para que possamos refletir, como um translúcido centro de luz, a relação, a beleza e o amor da alma interna.

Este é o verdadeiro propósito da criação, a redenção da substância material densa mediante o poder da alma, que os seres humanos devem por si mesmos invocar, dirigir e aplicar. Não existe nenhum outro meio a não ser através da consciência da humanidade em constante expansão e seu efeito redentor na substância do planeta em sua totalidade.

Há outra idéia chave: “Através de todo o processo de crescimento e evolução, muito poderoso em Virgem, decorre o tema do serviço”. O serviço está subjacente ao processo evolutivo deste planeta. Podemos cooperar conscientemente com este processo enquanto aprendemos a viver mais pelos ditames da alma e menos pelas exigências da personalidade. Porém, o esforço para a cooperação não é para nosso próprio benefício. Todos estaríamos pessoalmente melhores se houvéssemos redimido nossas personalidades e houvéssemos aprendido a viver, ainda que fosse somente um pouco, como almas em manifestação. Porém, o propósito essencial é que através dessas expansões e crescimentos de consciência possamos prestar um maior serviço à humanidade inteira. O serviço não é uma atividade planificada e artificial, nem consiste necessariamente em participar de ações que despertem nossa compaixão, embora isto também seja necessário, senão que, à medida que alguém é capaz de refletir a energia da alma em cada aspecto da vida diária, não só transforma seu ambiente circundante, senão que atua como agente transmutador no coração da humanidade. Ele contribui também para a transformação da personalidade humana pelo poder da alma. Assim, o serviço em seu verdadeiro significado é um efeito espontâneo do controle da alma baseado no amor à humanidade. Amor e serviço são qualidades inseparáveis na vida da alma e no esforço que esta realiza para expressar-se mais perfeitamente através da forma da personalidade. Em Virgem podemos desenvolver esta demonstração de amor como relação correta e como serviço, como um atributo do amor.

O amor, a vontade e a harmonia através do conflito são as influências controladoras que fazem dos seres humanos o que verdadeiramente são: Cristos em potencial. Amor, vontade e harmonia através do conflito. Estes três atributos se manifestam através de Virgem como forças controladoras que trabalham juntas para ajudar a fazer de todos os seres humanos aquilo que verdadeiramente são, filhos de Deus. Estes atributos se liberam através de Virgem na consciência da humanidade quando servimos, literalmente, com abnegação mediante uma entrega incondicional, com uma inofensividade que é amor em ação, através de um correto falar que é equilíbrio mental, e harmonia, excluindo qualquer forma de comunicação que seja prejudicial ou que desconsidere o outro. Estas são as três características principais do Novo Grupo de Servidores do Mundo, que encarnam o amor e a luz necessários no mundo de hoje. Quando estes princípios se manifestar em nós teremos realizado um bom progresso no caminho para revelar o princípio Crístico, a alma.

Em Virgem, a nota chave para o discípulo, que pode ser utilizada como pensamento semente na meditação é: “Sou a Mãe e o Filho, sou Deus, sou matéria”. Eventualmente poderemos dizer: “Sou espírito e matéria, sou a relação entre os dois. Sou vida, amor e luz. Sou a unidade e a diversidade.”


Volte a Homepage. Back