Viagem Interior  Pager

  O Ponto Onze

O Ponto Onze corresponde ao signo do Leão, o signo do Sol, o signo da consciência.
O signo do Poder verdadeiro.
Não temos Poder nenhum para com as Energias de que não temos consciência, somos manipulados por elas.
Mas, quando temos consciência de uma Energia,a usamos de maneira consciente, luminosa, benéfica, poderosa.
Consciência total significa Poder total.
Fomos condicionados a ser humildes, a não poder.
Ser humilde não é um dever, mas um defeito, que torna as pessoas impotentes.
Se não formos conscientes do nosso valor, nunca poderemos usar nossas capacidades.
Muitos ensinamentos pretendem que o ego deve ser rejeitado. Mas para entrar em comunhão, precisa de alguém. Alguém, um sol, uma consciência entra em comunhão e isso tem valor.
Se aniquilar é sempre um suicidio.
Todos os planetas gravitam ao redor do Sol e o Sol ilumina os planetas.
Em nosso mundo interior, o centro é o Sol da nossa consciência.
Netuno, a mística, é apenas um planeta. Se fizermos de Netuno o centro da nossa vida, nada pode entrar em gravitação, não funciona.
O espiritual, o Infinito, é apenas um fragmento de Realidade.
A Realidade é tudo: espiritual, astral e material. 
Não podemos ser conscientes de tudo. Seria uma terrível confusão. Basta apenas sermos conscientes de que todos os poderes do inconsciente estão à nossa disposição.
O Sol verdadeiro ilumina até Plutão.
O Sol verdadeiro é o sistema solar inteiro.
Todos nós temos todos os planetas em nosso mapa.
Temos todos o poderes do sistema solar.
Somos um holograma do Universo

  Viagem Interior

Na plena Luz da sua consciência, 
da consciência que você é, 
sinta como se tivesse a Energia do Sol, 
a Energia de uma estrela à sua disposição.    
Consciente do Poder do Universo dentro de você, 
você se aventura na mata fechada do seu mundo profundo. 
De repente, você cruza o caminho de um leão. 
Consciente de ser uma consciência superior, 
com a tranqüilidade duma consciência superior, 
você olha o leão  se aprontando para pular em cima de você. 
Com tranqüilidade olha o leão,
sente o cheiro do leão, 
um cheiro que se transforma num cheiro da submissão. 
O leão se inclina diante de uma consciência superior, 
inclina-se diante de você. 
Deita-se na sua frente. 
Você se aproxima,  pega a boca do leão
e abre sem esforço,  como é natural. 
Assim fazem os domadores. 
Você anda em um sítio. 
Um cão, um dobermann está correndo para atacar você. 
Consciente da consciência superior que você é, 
com tranqüilidade, você olha para ele. 
Sente o suor dele,  esse suor exalando medo e respeito. 
O dobermann se deita aos seus pés,
como um bom cachorro. 
Você encontra uma pessoa poderosa, dominadora. 
Com a tranqüilidade de uma consciência superior, 
você olha para ela.  Olha para o medo oculto nela. 
Você sente, no plexo solar dela,  a vibração do medo escondido. 
Olhando a fraqueza, a criança escondida nela. 
Agora ela quer agradar você. 
Faz tudo para agradar você. 
Você se imagina em uma situação difícil. 
Personificando a situação. 
Fazendo a situação se manifestar para você 
na forma de uma entidade, de uma pessoa. 
Com tranqüilidade, olhando o astral da situação, 
a inteligência que manda na situação. 
Você conversa com ela  com firmeza,
com a tranqüilidade duma consciência superior. 
Agora ela quer agradar você. 
Ela está fazendo tudo para você. 
Com tranqüilidade, você olha as feras  que se escondem em você, 
no seu mundo interior, 
as feras, talvez uma violência em você, 
talvez uma raiva, uma agressividade. 
Olhando, com tranqüilidade, as feras em você. 
Elas se tornam amigas, prontas para servir você. 
Servir você na plena Luz da consciência,  de maneira luminosa, 
benéfica para você e para os outros. 
Consciente do Sol em você, 
do Poder infinito da consciência que você é. 
Do Poder do sistema solar em você. 
Do Poder do Universo em você. 

 

  A Viagem Interior Planetária

D.K Saudo a Todos os Grandes Seres da Hierarquia do Sol.

 O Sol

Não temos poder nenhum para com o que desconhecemos, o oculto, o que nos é inconsciente. Mas quando temos consciência duma possibilidade, duma energia, dum talento, os usamos de maneira consciente, luminosa, benéfica, poderosa. Tudo que memorizamos se torna um elemental, uma inteligência se dedicando a nos propiciar sucesso e felicidade. Se não formos conscientes desses poderes em nos, perdemos muitas oportunidades, e pode até acontecer que essas inteligências, por inteligentes que elas estejam, presas na escuridão do nosso inconsciente, apesar de querer o melhor, atuarem de maneira cega e prejudicial. Mas quando somos conscientes delas, estamos em posição de usar a plenitude de talentos superiores.
 
 

Viagem Interior

Você esta  entrando num palacio feito de luz dourada, de luz solar,
entrando no novo ano, no ano do Sol,
no novo Tempo do seu Mundo Interior,
quando tudo que acontece acontece nesse palacio,
acontece no Tempo do Sol,
no Tempo da Consciência plena.
Você esta entrando no esplendor
solar do seu Mundo Profundo,
e você pode sentir na sua cabeça
essa coroa de ouro alquímico,
essa inspiração solar
irradiante, esse poder dourado
da consciência plena.
Por aonde você passa
a noite se ilumina em alvorada.
Em qualquer lugar do Mundo
você esta no seu centro,
o Rei/a Rainha do seu destino,
nesse palacio feito de luz solar,
percebendo com clareza como governar
o imenso povo dos elementais, das inteligências,
das competências trabalhando no seu reino interior,
os médicos, os psicólogos, os artistas,
os ministros, os engenheiros, os xamãs,
os poderes humanos e animais
felizes de servir você, 
se deliciando de inspirar você, 
chamando para você,
no momento certo, as circunstâncias e as pessoas
propicias a realização e materialização
em pleno sucesso de tudo que você faz.
Rei/Rainha do seu destino
você percebe com clareza como governar
o imenso povo dos elementais, das inteligências
vivendo em seu Mundo Interior.

Viagem Interior

Tudo é feito de consciência, a consciência é o único poder, e o símbolo o mais natural para a consciência é o Sol. Vamos entrar em nosso mundo interior, e nos lembrar do Sol que somos:

Deixe o Sol devanear em você,
deixe o Sol brilhar em você ainda mais.
Para poder manifestar-se e comunicar-se com você,
o Sol veste uma forma humana,
a forma de um rei,
sentado no seu trono de ouro.

Ele pede a você que se aproxime,
que chegue mais perto;

irradia você de Luz solar.
Você está na aura dele,
sentindo essa Luz irradiar de você,

a Luz do sucesso, a Luz do Poder.
Pode sentir a consciência do Poder e do sucesso
se materializar em você,

fluir no seu corpo inteiro,
memorizar-se em todas as células do seu corpo.
Mais e mais você sente, toma consciência
desse imenso valor em você,
do rei em você,
do rei que você é.

Você é um sol,
um centro de consciência.
Você é você, um centro de Poder.
O Sol Rei, para permitir que você vivencie ainda mais
esse sentimento natural de Poder,

lhe oferece uma aventura.
Metamorfoseia você em leão,
veste você com um corpo de leão.
E você se encontra na savana, um leão na savana,
deliciando-se em andar com as suas patas enormes,
nesse corpo poderoso.
Deliciando-se em correr, em galopar.
Deliciando-se em pular.
Os animais olham para você com atenção, com respeito.

De novo, você entra no palácio do Sol
e,
ao entrar,
de novo, está vestido/a com seu corpo humano.

O Rei Sol chama você mais perto; mais perto
e
oferece a você uma coroa de ouro,
uma coroa de ouro alquímico,
para usar na sua vida cotidiana.
E você anda, na sua vida cotidiana,
com essa coroa de ouro na cabeça.

Encontrando pessoas importantes,
elas não percebem

essa coroa de ouro astral na sua cabeça,
não percebem, conscientemente essa coroa,
mas, inconscientemente, percebem-na
e agem com o devido respeito.

Sentem seu valor
e respeitam o Poder que elas sentem em você.
E você deixa o Poder devanear em você,
alegrar-se em você, cantar em você.
 

Comentário

Essas imagens simbólicas são feitas para usar na vida cotidiana. As escolas iniciáticas, os magos, os xamãs, os pajés, sempre usaram imagens simbólicas. Essas imagens permitem sentir, evocam sentimentos. Evocam uma maneira de ser. Permitem passar do saber ao ser, da teoria inútil ao Poder.

Quando, na vida cotidiana, você precisar de Poder, imagine que é um leão. Ou imagine que você tem na cabeça uma coroa de ouro. Ou imagine o Sol irradiando de você. Assim despertará em você o poder verdadeiro, o Poder da consciência. Não temos Poder nenhum sobre o que ignoramos, sobre o que nos é inconsciente. Mas, quando somos conscientes de um talento, de uma capacidade, de uma Energia, usamos essas coisas de maneira consciente, luminosa, solar, benéfica para nós e para os outros.
O pior empecilho aos nossos talentos é a dúvida de si próprio. Ter consciência do seu próprio valor é um dever.

ANTERIOR - CONTEÚDO - PRÓXIMO




O texto original é encontrado com toda a nossa gratidão em:
Descubra seu Lado Infinito