Viagem Interior  Pager

  O Ponto Dez

O Poder espiritual deve ser usado no quotidiano, para viver uma vida real, uma vida feliz. A Alquimia espiritualiza a matéria e materializa o espírito. Assim, em posição de Poder, podemos usar tudo, sem deixar nada nos usar.
A Roda da Fortuna, o Ponto Dez, permite fazer isso. A Roda da Fortuna se relaciona a Júpiter e ao signo de Sagitário, o signo da Boa Sorte. A Boa Sorte é um talento, um estado de consciência, que atrai facilidade e sucesso.

  Viagem Interior

Na plena Luz do seu Eu Superior,
delicie-se em entrar na Roda da Fortuna.
Entre na Roda,
entre na Roda da Boa Sorte.
Já uma sensação de poder,
uma sensação de felicidade
envolve você.
A Boa Sorte é uma sensação.
Você está embaixo da Roda, na escuridão,
embaixo da Roda.
Você está no lugar inferior e você se sente muito feliz
de aproveitar o girar natural da Roda,
o subir natural,
subindo da escuridão como o Sol,
brilhando mais, mais,
"Posso. Posso cada vez mais."
O Poder é uma sensação,
a sensação de poder mais, mais.
E você escolhe o que você quer fazer crescer,
sentindo o girar natural da Roda
levar você para cima,
levar para cima o que você quer,
sentindo o girar natural do planeta
levar para cima o que você quer.
E você chega em cima,
no mais alto,
respirando esse perfume de sucesso,
esse perfume de Poder, de autoridade,
inspirando e expirando esse perfume de autoridade,
memorizando em todas as células do seu corpo
essa aura de sucesso tão natural.
Agora, para sempre,
tudo o que você faz, você faz com autoridade,
com a autoridade de um mestre na sua Arte.
E você se delicia de sentir a Energia do descer.
Com autoridade,
com o prazer de alguém que tem autoridade plena,
você aproveita o fluir do decrescer
para fazer decrescer,
dissolver tudo que deve ser dissolvido,
dissolvendo as incertezas ocultas em você,
dissolvendo as dores e os traumas,
alegrando-se com a leveza, com o bem-estar fluindo em você.
E, de novo, vem o subir, o culminar, o descer.
Continua o grande jogo da Boa Fortuna,
a grande Arte da vida que você joga
com a autoridade de um mestre,
um mestre da Boa Sorte, você.
Um mestre da Roda da Fortuna, você.

  Comentário

Basta olhar, olhar com a intenção de perceber as oportunidades que, de maneira natural, vão se apresentar. Perceber as oportunidades, suscitar oportunidades, fazer até dos obstáculos novas oportunidades e aproveitar. É a Realidade, é uma Roda, um ciclo. Aproveitar qualquer momento do ciclo.

  A Viagem Interior Planetária

D.K Saudo a Todos os Grandes Seres da Hierarquia de Sagitário do Planeta Jupiter.

O planeta Júpiter está muito longe do Sol; é um planeta enorme, 1.300 vezes maior que a Terra. Ir longe, ultrapassar fronteiras, ver grande, abundância, facilidade, perceber as oportunidades que se apresentam, suscitar oportunidades, tornar até obstáculos em novas oportunidades: boa sorte. A boa sorte é um talento, a conseqüência natural dessas qualidades.
O maior defeito de Júpiter é não saber parar: a tendência aos excessos, excesso de peso por causa do excesso de bem-comer, excesso de ambição, pretensão, hipocrisia são os alegres defeitos de Júpiter.

Nenhum planeta, nenhum Deus é benéfico ou maléfico. Para ser realmente benéfico, um planeta precisa de todos os outros. Júpiter precisa especialmente de Saturno, como Saturno precisa de Júpiter e, na verdade, apenas o Sol da consciência pode fazer entrar esse complexo de planetas em gravitação.

Para que Júpiter seja realmente benéfico em nossa vida, basta sermos conscientes dele. A melhor maneira consiste em descobri-lo em nosso cosmo interior.


Júpiter

Sim, deixe, deixe sua imaginação sonhar.
Deixe sua imaginação sonhar um Castelo,
sonhar o Castelo do Rei.

Aqui, para se comunicar com você,
o Sol da sua consciência veste a forma de um rei,

sentado no seu trono de ouro e veludo,
olhando você com benevolência.
Ele oferece a você um cavalo,
o Animal de Poder de Júpiter.

Você monta o cavalo,
já sai galopando,
alegrando-se com o barulho do cavalgar

no terreno rochoso,
cavalgando através da mata.
A viagem, a busca está começando,
e você pode sentir o vento nos seus cabelos,

o vento acariciar seu rosto.
De longe, pode discernir o imenso castelo de Júpiter.
Deixe o cavalo galopar.
Deixe o cavalo tomar fôlego,
mudando a andadura.

Chegando, atravessando a ponte elevatória.
Lá embaixo, nas águas do lago,
mil cisnes estão nadando.

Você confia seu cavalo a um criado,
sobe a grande escada,
entra no imenso salão,
onde mil cavaleiros e mil damas estão sentados, à vontade,

ao redor de mesas repletas de pratos finos, vinhos, frutas.
 Júpiter está no centro, sorridente, descontraído.
Ele chama você, para sentar-se à sua direita.
Ele estava esperando por você.

O magnetismo natural dEle carrega você de otimismo.
Um profundo sentimento de facilidade permea você,
permea seu corpo inteiro.

Das alturas da alma até as profundezas do corpo físico,
um profundo sentimento de facilidade
está fluindo em você,
memorizando-se em você.

Você agradece a Júpiter,
e vem um estranho sentimento de estar agradecendo a si próprio/a.
E você quer ir mais longe.
Pegando seu cavalo, montando-o.
Você já está cavalgando,
viajando através das planícies,
subindo as colinas e as montanhas,
divertindo-se em pular por cima dos obstáculos,
alegrando-se em descobrir novos horizontes.

Alegrando-se com a busca.
Cada vez mais enriquecendo-se material, intelectual, espiritualmente.
Focalizando sua atenção para sua vida quotidiana,
descobre que seu trabalho, sua casa, sua vida,

oferecem um espaço infinito para viajar,
para viver a maravilhosa busca.

Tudo se torna fácil.
Tudo apresenta para você novas oportunidades.
A boa sorte está fluindo em você

e caminhos novos se abrem, de maneira tão natural.
 

Comentário

Quando precisar entrar em estado de facilidade, lembre-se do animal de Júpiter, o cavalo. Imagine-se cavalgando, toda a aura de Júpiter vai irradiar de você.
A Boa Sorte vai irradiar de você.

ANTERIOR - CONTEÚDO - PRÓXIMO




O texto original é encontrado com toda a nossa gratidão em:
Descubra seu Lado Infinito