Telepatia Natural


Nada mais natural do que a telepatia. A telepatia é percepção, percepção pura. Estamos imersos num oceano de percepção. Mas podemos ver apenas na direção para onde olhamos. Olhando com nossos olhos físicos, podemos apenas ver objetos físicos. Para ver a distância, através das paredes ou em outras dimensões, precisamos fechar ou desfocalizar os olhos. Precisamos olhar diretamente com nossa consciência. Isso ocorre com todos nos, durante a noite, quando sonhamos. Para entrar conscientemente em telepatia, basta sonhar conscientemente.

Os sonhos da noite parecem incoerentes, porque usam uma outra linguagem, multidimensional, muito mais rápida, símbolos, que mal compreendemos no estado de vigília. Sonhando conscientemente, aprendemos com facilidade a usar essa poderosa linguagem que fala nosso inconsciente, como bem sabem os psicólogos, e que, na realidade, é o próprio idioma que fala o Universo. O Universo não fala português, nem inglês. O Universo pensa em percepção. É o idioma que fala a Realidade.

É importante se lembrar que, em telepatia também, poderemos apenas ver para onde focalizamos nossa atenção.

Estou falando de Ver, porque ver é claro, preciso. Mas ver é apenas uma tradução. O Universo não tem olhos, nem ouvidos (ainda que puder ver pelos olhos de qualquer um de nos). O sentido original, do qual os outros são derivados, é o Sentir, o Feeling. Entrar em telepatia significa sentir, e depois, de maneira natural, o contato estabelecido, podemos Ver. Mas para compreender essas coisas, precisamos as compreender com todo nosso ser, viajando em nosso mundo interior (onde se encontra a telepatia natural):

Viagem Interior

 

Delicie-se de entrar no luar da sua imaginação,
nessa dimensão secreta que conhecem os xamãs,
os alquimistas, os iniciados.
Deixe o luar abraçar você,
envolver você,
sonhar em você,
levar você para essa imensidão que você é,
que você pode sentir,
essa mistura de luz e de noite.

Lembre-se duma arvore, grande.
Com uma sensação irradiando do seu plexo solar,
abrace essa arvore,
sinta a arvore,
o tronco áspero,
as raízes úmidas e profundas,
o céu das folhas.
Veste a arvore como se veste uma roupa,
sem deixar de ser você
seja a arvore,
sentindo como suas raízes sentem
as profundezas da terra,
como suas folhas sentem o céu,
recebendo as energias das Alturas
e as energias das Profundezas.
Pelas suas folhas respirando o ar, a brisa,
pelas suas raizes bebendo e destilando os fluidos químicos.
Com o fogo recebido da Lua, do Sol e das outras estrelas
alquimisando o ar, a água,
solidificando o ar e a chuva em folhas novas,
em madeira.

Lembre-se de alguém
que você queria ajudar,
com essa sensação, essa aura irradiando do seu plexo solar,
envolva essa pessoa,
veste essa pessoa como se veste uma roupa,
da cabeça até a sola dos pés,
sem deixar de ser você seja essa pessoa,
sem se deixar afetar sentindo o que ela sente,
compreendendo essa pessoa como ela se compreende,
compreendendo ela mais do que ela se compreende.
Sinta o que entusiasma ela,
o que ela deseja o mais,
esse fogo alquimico nela,
desperte esse fogo, essas chamas, esse prazer,
e com esse fogo delicioso, esse calor,
sinta se despertar o talento que ela tem e não sabe,
essa plenitude, esse sucesso em tudo que faz,
essa alegria de agir e de conquistar.

 

Comentário

A telepatia se usa de maneira receptiva, para receber informações, e de maneira ativa para mandar informações, para mudar o futuro. Podemos assim inspirar pessoas. Não temos o direito de obrigar, nem de obrigar alguém a ser feliz, nem obrigar alguém a se curar. O resultado seria artificial e doentio.


INDICE - PRÓXIMO




O texto original é encontrado com toda a nossa gratidão em:
Descubra seu Lado Infinito