sintonia
Site é Dedicado à  Salvadora Bodhisattva Tara
A Transmissão das 21 Tares



 

PRECES E PEDIDOS PARA A ASSEMBLÉIA DE DEIDADES DA MÃE VENERÁVEL DE VINTE E UMA HOMENAGENS  

  

Por Matisara (Lo-dr'o Gyats'o)  

Homenagem para Arya-Tara!  
  

Elogios  


Bem nascida das Sagradas Ações de todos os Conquistadores universais! 
Refúgio supremo de todos os seres dos três Reinos! Tesouro venerável de Compaixão! 
Eu me curvo a Seus pés de loto, 
Tara, a Mãe dos Conquistadores! ~  
  
1. Com ações divinas rápidas como raio imediato, 
Você faz os inimigos dos Conquistadores ou objetos de prática, como Ganesh e outros, todos tão obedientes quanto escravos —
Devotadamente, eu me prosterno a Seus pés, Tara, a Mãe de Conquistadores!  
  
2. Demônios de doença e pestilência e maus espíritos,  
Morte intempestiva, sonhos ruins e ofuscações
—Tudo tais adversidades terríveis Você suprime! — Devotadamente, prosterno-me a Seus pés, Tara, a Mãe de Conquistadores!  
  
3 Todas as qualidades, boas acumulações, méritos e poder, 
Glória, excelência, e os dois tipos de realizações,
E os sete Tesouros dos Aryas, 
Você completamente desenvolveu. 
Devotadamente, prosterno-me a Seus pés, Tara, a Mãe de Conquistadores!  
  
4. De seres e mundos Você aumenta todo o esplendor e majestade,  
Concedendo o siddhi  especial, imortal, supremo.  
Você conquista na batalha o Deus de Morte! 
Devotadamente, prosterno-me a Seus pés, Tara, a Mãe de Conquistadores!  
  
5. Como requisitos para praticantes que viajam para a Liberdade,  
Você concede depressa todo e cada prazer,
E coleção de desejos, e faz ações conducentes.
Devotadamente, prosterno-me a Seus pés, Tara, a Mãe de Conquistadores!  
  
6. Pelo mero pensamento, 
Você faz que Todas as assembléias de espíritos, como os dez Guardiões Direcionais, juntos servir com devoção.
Devotadamente, prosterno-me a Seus pés, Tara, a Mãe de Conquistadores!  
  
7. Maus pensamentos, ação para prejudicar os outros,  
feitiços mágicos, maldições,  
E assim por diante, 
Você retrocede tudo com seu poder. 
Devotadamente, prosterno-me a Seus pés, Tara, a Mãe de Conquistadores!  
  
8. De seres nocivos que perversamente prejudicam a Doutrina dos Conquistadores, que se voltam contra o correto Dharma,  
Você rapidamente separa a vida do corpo.
Devotadamente, prosterno-me a Seus pés, Tara, a Mãe de Conquistadores!  
  
9. De adversidades exteriores e internas, e prejuízos feitos por produtores de sofrimento físico e  
mental,  
Você vigia e nos protege disto em todas as nossas vidas futuras.
Devotadamente, prosterno-me a Seus pés, Tara, a Mãe de Conquistadores!  
  
10. Se alguém busca Refúgio em Você, Você suprime os seus prejudiciais Maras,  
o pensamento perverso de conduta de tirthika,  
E então o aplica ao Caminho perfeito.
Devotadamente, prosterno-me a Seus pés, Tara, a Mãe de Conquistadores!  
  
11. Com torrentes de chuva de tudo que desejamos, as coisas preciosas,  
Como comida e riqueza, e lojas de prazeres e animais,  
Você elimina toda pobreza, fome e sede
Devotadamente, prosterno-me a Seus pés, Tara, a Mãe de Conquistadores!  
  
I2. Você nos leva a alcançar os objetivos e o que nós pretendemos, como desejamos nós;  
Com mundano e super-mundano auspícios e 
Bondade, 
Você enche as direções todo o tempo.
Devotadamente, prosterno-me a Seus pés, Tara, a Mãe de Conquistadores!  
  
I3. Por impedir demônios, obstruções e sinais ruins,  
Só através da mentalização da lembrança de sua forma, 
Você nos põe em uma proteção de vajra, sem medo.
Devotadamente, prosterno-me a Seus pés, Tara, a Mãe de Conquistadores!  
  
14. Mostrando sua face furiosa, olhos muito ativos e abertos,  
Você esmaga todos os portadores de crueldade com a mente, como se átomos fossem, 
Ganesha e seus demônios obstrutores. 
Devotadamente, prosterno-me a Seus pés, Tara, a Mãe de Conquistadores!  
  
15. Todo pecado e ofuscações de carma e klesa 
Que lançam a pessoa nos reinos de aflição, 
Você limpa e purifica, ó Mãe, só por recordar Sua Face.
Devotadamente, prosterno-me a Seus pés, Tara, a Mãe de Conquistadores!  
  
16. Sabedoria Profunda que manifesta a Verdadeira Natureza e seu significado; explicando,  
debatendo e escrevendo; sabedorias de escutar, pensar, e meditar—tudo isso Você aumenta e desenvolve!
Devotadamente, prosterno-me a Seus pés, Tara, a Mãe de Conquistadores!  

17. Com poder que treme todos os três mundos em um momento,  
Todo inimigo, o ladrão e o assaltante, sem exceção, ó Mãe Vitoriosa, Você prende e subjuga.
Devotadamente, prosterno-me a Seus pés, Tara, a Mãe de Conquistadores!  
  
18. O prejuízo do veneno e contágio, e todo o Envenenamento através de nocivos nãgas e espíritos possuidores de terra,  
Você acalma depressa até que mesmo nome não exista.
Devotadamente, prosterno-me a Seus pés, Tara, a Mãe de Conquistadores!  
  
19. Conflito mútuo, tormento pela lei, medo do rei, e sonhos ruins—em tudo tais coisas  
Você executa a ação de pacificar. 
Devotadamente, prosterno-me a Seus pés, Tara, a Mãe de Conquistadores!  
  
20. A doença mais violenta e insuportável, as pestilências  
E todo grupo adverso e prejudicial,
De tudo isso Você protege, tudo isto você pacifica!
Devotadamente, prosterno-me a Seus pés, Tara, a Mãe de Conquistadores!  
  
21. Suas ações universais, como o acalmar os espíritos, possuidores de cadáver, yaksas e medos; 
aumentando, subjugando ferozmente; 
e todos os objetivos Você realiza.
Devotadamente, prosterno-me a Seus pés, Tara, a Mãe de Conquistadores!  
 

Canção de Desejar e de Fazer Pedidos  

  
22. Ai! Arya Senhora, escute um pequeno, a mim! Todas as qualidades de Seu Corpo, Fala e Mente são manifestas pela causa dos seres sensíveis!  
  
23. Você entende bem os pensamentos de Seus discípulos,  
E as Sagradas Ações de todos os Conquistadores universais.
Ó Deusa, Você aparece diretamente!  
  
24. Logo, assim que este nome: "Ela que Libera Depressa do Oceano do Samsara" cai em meus ouvidos, 
Como o amor no coração do amante,   
Outra vez e sempre, 
Seu Corpo, como reflexo da lua,
Aparece, dançando no lago de minha devoção mental.  
  
25. Desde então, em minhas vidas prévias sem começo, eu juntei carma insalubre por  
corrupções,  
Muitas vezes e sempre caí nos reinos de aflição,   
E experimentei infinito, insuportável, violento  
sofrimento.  
  
26.  Só dos corpos que tive em migrações humanas, 
E meu sangue e pus excederam um grande oceano;  
Minha carne e ossos, amontoados, seriam mais altos que o monte Meru.  
  
27. Mas ainda que experimentasse assim sofrimento tão violento,  
Se, Refúgio Supremo, Você não me salvasse com Sua Compaixão,  
Ainda teria eu que vagar muito mais que isso. 
Ai! Ó Mãe, me salve dos medos de samsara!  
  
28. De yore, na perfeita terra de deidade de Tusita, 
O Sagrado Professor Supremo deu expressão vocal ao Filho dos Conquistadores, Manjusri, pronunciando que os que verbalizarem os supremos Elogios que foram ensinados  no Rei de Tantras ganhariam virtudes imensuráveis.  
  
29. Se, apesar dos meus esforços, cantando estes Elogios,  Recitando e praticando, e fazendo oferecimentos e pedidos,  
Você vir que os tempos de declínio  dos seres está muito corrompido; 
E, Mãe Arya, olhar com indiferença para nós,  
Então qual a utilidade do uso de Seus Nomes: "Especialmente Ama  os Seres Inferiores", "Rápida", e "Salvadora"?  
  
30. Porém, desde que Sua Compaixão amorosa é livre de discriminação entre o próximo e o distante, e se aplica para todo o mundo; 
E, embora com fortuna inferior, eu  sofra,  
No momento de minhas ofuscações cármicas eu não acho outro Refúgio superior a Você.  
  
31. Assim, em todas as minhas vidas futuras, 
Ó Deidade Superior, proteja-me e me olhe com seu carinho de Mãe, sem descuidar-se um só instante,
E manifeste Sua Suprema Face como néctar visual!  
  
32.Basta Você pensar, e salva-me dos oito medos, externos e internos, com seus vinte e um modos de ação, e com todas as ações de Socorro Universal; 
Faça tudo isto rapidamente espontaneamente surgir!  

33. Tudo aquilo que impede minha prática do Dharma
—As assembléias de seres humanos, fantasmas e espíritos, 
E todas as interrupções como os oito medos,
—Por favor que Você pacifique sem exceção!  
  
34. Especialmente, Ó Supremo Refúgio, por Sua Compaixão,  
Em minha corrente mental não deixe que pensamentos perversos  
Nasçam até mesmo por um momento, 
Mas apenas pensamentos sadios
—Inspire a minha mente assim!  
  
35. Especialmente, na base exclusiva de todas as boas acumulações,  
Que surja um Guru qualificado, supremo, santo, que corretamente me deixe confiante em pensamento e ação,
E que eu siga os seus desejos—inspire-me assim!  
  
36. A base da Buddheidade pode ser alcançada em uma vida.  
Este renascimento oportuno, afortunado, que só encontra uma vez,  
Morre rapidamente como raio. Deixe-me produzir este pensamento, e agarre sua essência—inspire-me assim!  
  
37. Dirigido pelo medo do renascimento depois da morte, 
Deixe-me abandonar a não-virtude e praticar a virtude. Confesso com pesar todos os pecados que eu criei  
anteriormente,  
E que eu possa com isto parar de agora em diante—inspire-me assim!  
  
38. Da mesma forma que ver o esgoto imundo como amrita, 
Não me deixe ver as perfeições de samsara como felicidades,  
Mas produza a mente que quer estar depressa livre disto,  
E que treina assim na Doutrina do Conquistador -
inspire-me assim! 
  
39. Desde que os seres são torturados por sofrimento e pobreza de felicidade,  
Deixe-me bem produzir o pensamento do Despertar Supremo,  
Que joga na Buddheidade os seres sensíveis, minhas mães,  
E os treina assim na  Conduta Poderosa — inspire-me assim!    
  
40. Especialmente, deixe o Caminho que une Calma e Insight— a  Visão do Meio, excelente e  profunda
— nascer dentro de minha corrente mental bem e verdadeiro,  
E abandonando o caminho dos extremos - inspire-me, pois!
41. Então me deixe entrar no Veículo Supremo 
Que ensina e amadurece minha mente com os rios de puras autorizações,  
Protegendo os votos e penhores que eu tomei 
Como meus próprios olhos—me inspire assim!  
  
42. Deixe-me entender direito os dois Estágios, coração dos vários Tantras. Então depressa, através da boa meditação, produza em meu fluxo mental o estado de União dos Quatro Kayas,  
A jóia que satisfaz todos os desejos—inspire-me assim!  
  
43. Mostrando incontáveis emanações diante de cada ser sensível nossas mães, quando eu for logo um Buddha, 
Deixe-me transferir a Buddheidade, livrando os seres de todas suas duas ofuscações—inspire-me assim!  

44. Permita que o reino onde eu realizarei as  Ações de um Conquistador,  
Minha corte, a medida de minha encarnação, e assim por diante, tudo ultrapasse mesmo o do Sugata que Tudo-vê -  Para ganhar estas qualidades excelentes, por favor me inspire!  
  
45. De agora até que eu alcance o ponto supremo da Iluminação,
Deixe-me saber que a raiz de todas as boas acumulações,  
as do Samsara e além, são apenas a Doutrina do Conquistador.  
E me esforce para apoiar e ordenar isto—inspire-me assim!  
  
46. Riqueza, respeito, fama, desejos, entretenimentos, diversões? —
Faça com que eu não entre em tais ações condenadas pelo Sagrado, 
Mas aderindo à solidão, pense bem nos significados  
que aprendi,  
E faça a prática essencial —inspire-me assim!  
  
47. Deixe-me perceber fácil e corretamente as intenções secretas do Conquistador! 
Possam todas as qualidades, como os Tesouros dos Aryas, 
Completamente preencher meu fluxo mental—inspire-me assim!  
  
48. Pelas virtudes infinitas que surgem disto, 
Possa eu e todos os outros seres sem exceção 
Ser bem apoiados pela Compaixão do Protetor Sagrado,  
Nunca ficando separado do puro Caminho!  
  

mantra

Om Taare Tuttaare Ture Svaahaa

Clique aqui para cantar em RealAudio.



 
Volte a Homepage