Inicio

Um trabalho, uma ação, um acontecimento, uma emoção focalizam nossa atenção, hipnotizam nos, e nos esquecemos de todo o resto. O que fazemos esta sempre influenciado, condicionado e limitado por o que aconteceu antes. Para começar uma ação diferente, mesmo que for apenas se descansar, podemos ir até esse Nada, origem de todas as coisas.

Assim, descondicionados, livres, usando de maneira prática esse espaço de onde tudo começa, podemos começar de verdade, entrar em estado de graça da atividade que queremos viver em plenitude.

Os índios tinham uma maneira superior de alcançar esse estado de perfeita identificação com o que eles estavam fazendo. Quando um índio queria caçar, ele parava. Deixava de continuar, parava, e colocava uma pena de águia nos seus cabelos. Entrava em estado de graça de águia, em estado de graça de caçar.  Um perigo podia aparecer de repente, ele agiria de maneira inspirada, superior. Queria  pescar, parava. Tirava a pena de águia, colocava uma pena de Martin-pescador ou de gaivota nos seus cabelos. Sabia pescar.

Não precisamos de pena. Mas precisamos usar o esplendido poder dos começos. Assim, deshipnotizados, acessamos de maneira natural essa fonte inesgotável de inspiração escondida nas profundezas do nosso inconsciente, na memória dos milhares de anos, e de maneira natural vamos nos beneficiar da Rede Telepática de Poder da ação que iniciamos.

Viagem Interior

Deixando a inspiração se encantar em você,
imagine uma clareira numa floresta
onde a Luz do Sol desenha através das arvores
um Templo Natural,
um Templo feito de luz solar.
Deixe a Luz do Sol permear você corpo e alma.
Torne-se Luz,
o oceano de Luz que você é,
o Eu Superior que você é,
o oceano de Luz que você é.
Deixe-se fluir nessa Luz,             
nesse Nada de onde nascem todas as coisas.
Assim poderoso/poderosa
do imenso poder dos começos
comece a programar seu mundo interior para sempre,
sempre entrar no prazer,
no estado de graça da atividade
que você estiver iniciando,
e deixar fluir o Poder.
Sempre, sempre quando você começa
você mergulha no Poder,
mergulha no oceano telepático do Poder
de fazer o que você faz,
mergulha no oceano do Poder,
com sua pele inteira sentindo o Poder fluir
ao longo do seu corpo,
permear sua alma,
deixando o oceano da Rede Telepática do Poder,
a alegria do Poder inspirar
você fazendo o que você faz.
Imagine uma atividade de que você gosta,
talvez imagine-se começando de conversar,
mergulhe no estado de graça de conversar,
mergulhe no prazer de conversar.
E deixe fluir, deixe fluir o poder.
Quando você quer dançar,
quando começa a dançar
você mergulha no estado de graça de dançar,
no prazer de dançar,
deixando fluir o poder.
Quando você começa de trabalhar
você mergulha no estado de graça,
tornando-se o que você faz,
o prazer de ser um mestre na sua Arte.
Em tudo que você faz você é inspiração,
você é o mestre na sua Arte,
você é o que você faz, sempre,
sempre usando o imenso poder dos começos,
o Poder que sempre esta criando
o Universo.

INDICE - PRÓXIMO




O texto original é encontrado com toda a nossa gratidão em:
Descubra seu Lado Infinito