O Chohan do Sétimo Raio



O 66º D-Graal "AYAM"


 

       "AYAM" nos põe na memória o que nós inscrevemos na roda cármica que simboliza também o nosso tempo, enquanto crermos que o passado influencia, o presente e o futuro." Todo se passará assim e a Lei do Karma continuará enquanto crermos."

"AYAM" diz-nos que tudo é possível e que podemos parar tudo. É suficiente olhar com o olhar Iluminado do Anjo"AYAM" e aceitar que aquilo cessa. É suficiente que encontre em nós o olhar da Mãe que não nos julga, nem julga os outros. Então o Amor da Mãe tomará o seu lugar em toda as nossas células, enfaixará as nossas feridas, nos acalmará, nos tranquilizará e a paz retornará.

"AYAM" inspira-nos a reencontrarmos este estado de Mãe e nos reconectarmos com ela. Traz-nos a solidez da Mãe, a sua paciência. Podemos contar com ela, é a base da nossa segurança, da segurança da Vida. Conduz a paz e permite-nos reencontrar a paz com a Terra-Mãe.

"AYAM" ajuda-nos a viver a nossa sensibilidade, a nossa intuição, nosso recepitividade, de maneira intensa, acrescida de acordo conosco, no Tempo e no Espaço. Permite-nos prosseguir a nossa estrada sem estar a nos estagnar sobre nós e os nossos problemas, permitindo-nos não se fechar sobre nós mas ganhando em experiência, utilizando os acontecimentos para melhor crescer para o Amor e a Luz. É assim que reencontraremos a nossa paz interna. A memória é um instrumento fabuloso a partir do momento em que adquirirmos o desapego emocional. Se é o contrário, torna-se um enorme entrave a nossa evolução. A memória permite a construção de uma humanidade em maior equilíbrio, mais em equilibrio e mais serena, construída sobre uma profunda experiência e uma grande sabedoria.

"AYAM" induz-nos a muito esforços, mas se nos posicionarmos sobre a Mãe que dá e que recebe, o esforço desaparecerá e será substituído por uma grande alegria de realizar a felicidade da sua criança, e da Humanidade inteira.

"AYAM" conduz a consciência do alimento cujo nosso corpo tem necessidade de alimentar, mas também dá a consciência do alimento espiritual. É assim que apreenderemos a alterar a nossa alimentação para melhor instalar o equilíbrio no nosso corpo. As tomadas de consciência são tais que mudanças radicais da maneira de viver instaurar-se-ão. Isso conduz a uma elevação vibratória e um maior campo de ação sobre o ambiente. Esta mudança vibratória traz uma abertura do espírito que agrada a cada um e que libera um grande encanto e uma grande bondade."

 "AYAM"

"Eu Sou a Consciência da Paz."
Eu Sou o que vos permite comunicar com ela.
Eu Sou o que vos permite entrar em comunicação com o vosso corpo,
quem vos permite compreender onde você não gosta do vosso corpo,
onde o vosso corpo não está em alinhamento com a Lei.
Eu Sou o que repara as vossas perturbações físicas
e que vos permite não retornar ao medo.
Eu Sou o que vos permite gostar das vossas dificuldades e compreende-las.
Eu Sou o que põe cada acontecimento da vossa vida como uma experiência a integrar.
Eu Sou o Amor que espalha a Paz sobre a Terra.
Eu Sou o Amor que permite que cada ser comunique com os outros.
Eu Sou o fermento da cooperação,
da fraternidade e a divisão que se desenvolverão nos vossos anos próximos.
Eu Sou o que ajuda os seres que perderam o Amor.
Eu Sou o que o alimenta e o que o alivia.
Eu Sou o Céu que ilumina todas as coisas.
Eu Sou o Céu que se põe sobre todas as coisas.
Eu Sou o espaço que a Paz ocupa na vossa vida.
Sem este espaço, não pode aceder a Deus.
Eu Sou o lugar que dá a divisão na vossa vida.
Olhem-me e ouçam-me.

Eu Sou"AYAM", eu te bendigo."
 

---


Volte a Homepage