O Chohan do Sétimo Raio



O 42º D-Graal "AYAM"

       "AYAM" induz a cada um entre nós a portar a noção de responsabilidade." Ter a noção de responsabilidade em um outro nível, sobre outra escala de valor, menos pesada, fazendo parte integrante da nossa vida porque a nossa vida é ligada a todas as vidas circundantes. Uma vida sofre e faz sofrer os outros. Uma vida morre e faz morrer os outros. A vida desempenha o seu papel de ser e resplandecer a alegria e a Luz. Deixa a possibilidade aos outros de viver a mesma coisa.

Não é o papel do Sol que nos torna feliz, portador da alegria de viver e que nos permite retomar forças quando aparece? Assim, quando o fim de um ciclo recorda a uma alma, não faz nascer uma nova alma? O ciclo de uma flor que morre não faz vir outra flor a eclosão?

A nossa responsabilidade é a vida, é a vida própria. Aprender a gostar, respeitar, de manter e seguir o seu ciclo renovado incessantemente e eterno. A nossa responsabilidade consiste em acolher, aceitar e tudo será mais simples. Esta responsabilidade tornar-se-á então um presente e não uma carga.

"AYAM" mostra-nos que devemos assumir estas responsabilidades e a qual não se delega. Cada um tem a sua, a nível do que é o seu. Mostra-nos que cada um recebe as responsabilidades que é amplamente capaz de assumir porque cada um detem as capacidades para isso.

"AYAM" poe-nos em contacto com as intenções dos planos angélicas e celestiais. Traça-nos a estrada que temos a realizar. Esta participação nos planos do Universo faz-se sempre por uma colaboração estreita com os outros, marca de diálogo e de respeito mútuo para a tarefa de cada um.

"AYAM" entrega-nos em permanência, na frente da nossa noção de compromisso a Deus, a Luz e a nossa alma. É em certa medida um vigia, um dos pilares do nosso edifício de Luz e do nosso corpo de Luz."

"AYAM"

"Eu Sou a Voz do Conhecimento."
Eu Sou a Voz da Sabedoria.
Eu Sou a Voz do Universo.
Porque o Conhecimento, a Sabedoria e o Universo são encarnados no vosso centro e permite assim a exteriorização da Voz da Matéria.
Eu Sou a Via Interna, onde tudo é escrito, onde não se inventa nada, onde tudo se transforma.
Eu Sou a Voz da vossa alma, a que sabe o que é bom para vocês e que tem às vezes efetivamente o mal a ouvir.
Eu Sou o que é e que sempre foi, o que está presente em vocês e através de vocês.
Eu Sou a Força da Paz encarnada no vosso ser, porque Eu Sou a manifestação da Paz.
A Vida não poderia existir em vocês se não fosse esta manifestação.
A Paz traz coesão, estrutura, transformação, evolução.
Eu Sou a paz do vosso corpo,
a paz das vossas células,
a paz da vossa alma.
Eu Sou a Paz manifestada no vosso plano físico graças a vocês, através de vocês.
Sem vocês, não poderia realizar a minha obra.
Eu Sou a Voz do vosso centro.
Eu Sou a materialização da Paz no vosso mundo.
Por mim, o vosso mundo transforma-se e dirige-se irremediavelmente para a paz, a felicidade e a fraternidade.
Eu Sou a Voz do Céu e a voz do vosso ser.
Eu Sou a Palavra do que sabe.
Eu Sou a vossa palavra."
Eu Sou. "AYAM", eu te bendigo."


 

---


Volte a Homepage