OS 22 CAMINHOS DA KABALA  
 

 

                

       

Num
50   
 
     

          

                 24º CAMINHO - NETZAH - TIPHERETH

         O 24º Caminho é o da INTELIGÊNCIA IMAGINATIVA, assim chamado porque dá uma semelhança a todas as semelhanças que são criadas, de um modo semelhante para suas próprias elegâncias harmoniosas.

         O texto yetzirático indica que este Caminho o da INTELIGÊNCIA IMAGINATIVA, une os semelhantes de acordo com as elegâncias dos mundos superiores.

         Em Hesed está projetado o reflexo da monada que em troca projeta em Tiphereth o espírito triplo, a Individualidade evolucionadora. As elegâncias são as emanações do espírito triplo, mas distorcidas pelo desvio sofrido pela Individualidade.

         É de capital importância entender a natureza da 7ª esfera vinculada com todos os aspectos instintivos do sexo (em ocultismo denominado polaridade) que é à base da manifestação. Então, para o relacionamento perfeito, nós atraímos energia desta esfera; esta energia, obstruída por discordâncias ou desarmonias, não é utilizável, permanecendo os sentimentos assim como a imaginação criadora, inativos ou bloqueados.

         Pela dança, som e cor, é como a energia deste Caminho pode ser estimulada que é o misticismo da natureza e da arte, o raio verde governado por Orfeo.

         Nos templos da antiguidade, os intelectuais e artistas procuravam e recebiam das sacerdotisas as emanações sutis produzidas pela excitação sexual; não a simples e comum sexualidade desviada dos seus propósitos, mas a Arte do Amor sob a sombra de Vênus Afrodite, satisfazendo as exigências sutis da alma humana.

         O 24º Caminho é caracterizado pela interação da mente emocional com o intuitivo, para a transmutação que é levar a cabo na alma. Transmutação é a arte de fazer que alguma coisa mude de lugar ou de domínio. É não modificar ou reprimir algo. Se a consciência totalmente é centrada totalmente em um aspecto, pode obcecar se por ele mesmo. Como já foi dito o progresso só é levado a cabo quando a consciência se torna permeável às influências de todos os Caminhos, realizando todas as suas circunstâncias.

         Para confrontar se com o êxito das dificuldades desta senda o iniciado precisa antes de qualquer coisa, harmonizar suas as emoções, seus relacionamentos e os seus instintos. Existem correntes religiosas que vêm com asco tudo aquilo que se relaciona com os instintos reprodutivos do homem, incitando os seus seguidores para reprimi-los sob pena de dor, de torturas ou castigos causados pela "ira do Senhor." Não há nenhuma ignorância maior que essa, porque o homem só será Senhor das suas emoções inferiores quando ele for levado a realizar e experimentar como um ser total. Assim, a energia sexual instintiva precisa ser iluminada pela Divina Luz através da lente focal e mediadora de Tiphereth.

         O Esplendor Brilhante de Netzah é a emanação da Divina Luz refletida e desdobrada, assim como um prisma reflete a luz solar em cores múltiplas. Então essas emanações múltiplas não são as verdadeiras Divinas Luzes, a única que mostra a real essência do que é contemplado. As formas de Netzah não passam de ser aparências projetadas como formas-pensamento na luz astral que é uma luz refletida, assim como a luz da Lua é um reflexo pálido da luz solar. As formas - pensamentos do nível psíquico do último triângulo da Árvore da Vida estão revestidos pelos matizes enganosos da luz astral que você se deixa qualificar pelas sombras múltiplas da emoção e a imaginação. Deste modo esse pensamento-forma é essencialmente semelhantes às emoções que os encorajam e podem ser vistos por um vidente comum. As formas de nível ético, eles são percebidos pela intuição e projetados no subconsciente como símbolos abstratos.

         A intuição às vezes é manifestada como um relâmpago que cega, quando o estado novo de consciência não é uma experiência sensível. Este Raio Luminoso traz à mente a passagem bíblica que relaciona a conversão de Saulo quando "de repente uma luz do céu o envolveu com sua claridade" no caminho de Damasco. Este Raio Luminoso representa a morte e o renascimento, seja para o efeito da morte física ou para a iniciação. A personalidade morre para o que é velho o que já foi superado e renasce para o que é novo; uma vida nova em uma forma nova de viver. Este é o significado da Carta de XIII do Tarô, a Morte que contém o senso teórico deste caminho. Como Paulo que relaciona na sua carta ao Gálatas: "Eu morri para a lei para viver para Deus", assim como também a personalidade morre para a lei do fenomênico mundial para viver em função da Individualidade cujo centro focal está em Tiphereth, e isto é simbolizado nos dois títulos do Arcano XIII um: "Filho das Grandes Transformações ", "Senhor. das Portas da Morte." Esta carta descreve um esqueleto com uma foice, enquanto colhendo cabeças humanas em um campo.

         O ocultista ao transitar este caminho, também enfrentará com a "Noite Escura do Alma, na procura da iluminação,; é o ponto em que a personalidade não é confundida mais para os aparecimentos, embora ainda não levou a cabo a consciência nos tempos presentes superiores do espírito triplo; darão um pulo rumo ao desconhecido, enquanto tentam unir a psique da personalidade com as éticas da Individualidade. Passo a passo avançará para a "casa do Pai, para o um a caminho da INTELIGÊNCIA IMAGINATIVA cuja chave é a letra NUN. Em senso oculto esta carta é a despertadora das aptidões para conhecer por associação de idéias e emoções; mostra o conceito de existência e essência. Esta letra no fim de uma palavra indica aumento ou expansão; no princípio, oferece o duplo; o significado simbólico é o peixe. A água, símbolo do nível emocional, em função da qual a maioria do humanosé o signifivado comum de elemento entre o 24ª caminho e o peixe,; a letra Nun ainda apresenta uma simbologia sexual, porque o peixe também é símbolo do esperma masculino.

         O significado espiritual desta senda é dado pelo signo astrológico de Escorpião, regido por Marte, e está relacionado com o elemento agua. Este signo é denominado “Signo da Morte, das heranças e dos legados”, e indica força sexual; se relaciona com os órgãos sexuais.

         A qualidade necessaria para andar por esta senda é a coragem e a confiança em Deus, para vencer o medo que a confrontação com o desconhecido proporciona.



 


Volte ao Site.