sintonia




Estudos de Textos Semanais
Estudar um deles da semana, na ordem, à cada dia.


Ensinar significa 39ª semana

267º DIA – Sementes de Cabala

* Falar mal dos outros faz parte de nossa natureza, por diversos motivos como insegurança ou inveja. Mas a “má língua” faz um enorme mal para a alma. Preste atenção hoje para o que sai da sua boca.

Shefa brachot! (Abundância de benções)

 

268º DIA – Sementes de Cabala

* Há dois tipos de raiva, uma positiva e a outra negativa. É positiva quando vem de amor e de querer o bem do outro, como quando um pai educa os filhos. Mas quando vem do ego e da frustração é negativo.

Shefa brachot! (Abundância de benções)

 

269º DIA – Sementes de Cabala

* Quando tudo está dando muito certo na vida, surgem pensamentos dizendo que “é bom demais para ser verdade” e que “logo as coisas começarão a dar errado”. Silencie essa voz pessimista e aprecie o bem.

Shefa brachot! (Abundância de benções)

 

270º DIA – Sementes de Cabala

* É bem fácil ver o que há de errado com as pessoas ao nosso redor, principalmente com aquelas que estão mais próximas. Nossa tarefa é transpor essas barreiras e ver o que tem de bom na pessoa.

Shefa brachot! (Abundância de benções)

 

271º DIA – Sementes de Cabala

* Meu mestre, Rav Berg, sempre ensinou que é fundamental nunca nos esquecermos de uma pessoa que nos fez um favor ou nos ajudou quando precisávamos. Mesmo se a pessoa tiver se afastado, não seja ingrato.

Shefa brachot! (Abundância de benções)

 

272º DIA – Sementes de Cabala

* Por que temos toda a paciência do mundo quando se refere a nossos próprios erros, mas não temos a mesma tolerância com os outros? Hoje, dê uma chance para que os outros mudem. Não julgue tão rápido.

Shefa brachot! (Abundância de benções)

 

273º DIA – Sementes de Cabala

* Uma pessoa que realmente quer se conectar com a Luz precisa sentir como se a Luz tivesse lhe abandonado. Somente através da humildade podemos nos elevar a grandes alturas, diz Rav Nachum de Chernobyl.

Shefa brachot! (Abundância de benções)


Voltar