sintonia




Estudos de Textos Semanais
Estudar um deles da semana, na ordem, à cada dia.


Ensinar significa 38ª semana

260º DIA – Sementes de Cabala

* Diz o sábio Maguid de Mezritch sobre uma pessoa que não sabe rezar: “é como uma criança muito amada pelos pais. Mesmo sem saber falar direito, os pais sentem prazer quando ela pede alguma coisa”.

Shefa brachot! (Abundância de benções)

 

261º DIA – Sementes de Cabala

* Do cabalista Abraham Abulafia: Se uma pessoa consegue controlar as fantasias da mente, pode dirigir a vida como se conduz um cavalo. Se puder controlar sua mente conforme seus desejos, terá controle da vida.

Shefa brachot! (Abundância de benções)

 

262º DIA – Sementes de Cabala

* Nunca se sabe quanto tempo viveremos, por isso não há momento tão importante quanto o presente. Hoje, não pense e repense nem analise demais. Não se prenda em uma coisa, siga adiante e aja rápido.

Shefa brachot! (Abundância de benções)

 

263º DIA – Sementes de Cabala

* Como seus dons e talentos beneficiam outras pessoas? A maior plenitude não vem quando realizamos por nós mesmos, mas quando o fazemos pelos outros.
Use sua Luz para iluminar vidas ao seu redor.

Shefa brachot! (Abundância de benções)

 

264º DIA – Sementes de Cabala

* Não existem coincidências. Cada pessoa com quem você se encontra, cada palavra que você ouve por acaso, é uma parte de um plano elaborado para lhe ajudar a se elevar e ser uma pessoa melhor.

Shefa brachot! (Abundância de benções)

 

265º DIA – Sementes de Cabala

* A Kabbalah nos ensina como conectar com a Luz dentro de nós. Seus medos são barreiras que lhe tiram de contato com sua parte eterna. Preste atenção para seus medos e faça um esforço para confrontá-los.

Shefa brachot! (Abundância de benções)

 

266º DIA – Sementes de Cabala

* Para realizar o impossível, você precisa enfrentar o desconhecido. Mudança leva à mudança. Pratique pequenas mudanças, como ir trabalhar por um caminho diferente, ou pedir uma bebida diferente no almoço.

Shefa brachot! (Abundância de benções)


Voltar