sintonia




Estudos de Textos Semanais
Estudar um deles da semana, na ordem, à cada dia.


Ensinar significa 27ª semana

183º DIA - ALGUNS MOTIVOS PARA ESTUDAR KABBALAH

Possibilitar que as pessoas conquistem, através do auto conhecimento, a Paz interior e a harmonia com o próximo; A liberdade do pensamento e de suas ações; O domínio do seu ser físico e mental;
A harmonia com a esfera angelical; A proteção contra ataques psíquicos ou magias; A possibilidade de influenciar o meio através de seu poder mental; A capacidade de cultivar bons relacionamentos em todas as áreas; Realização financeira, pessoal e profissional
Shefa brachot! (Abundância de benções)


184º DIA - Letras e Números


Somos feitos de números, já que cada palavra possui um correspondente numérico. Na verdade números e letras assumem um valor cósmico na cabala, ou seja, através deles veio a origem de tudo e através deles virá o fim de tudo.
O que é o verbo senão a comunhão de letras para definir uma ação? Portanto, antes do verbo existiam as letras e sua ordenação, o que nos leva aos números.
http://www.sintoniasaintgermain.com.br/cartilha_angelica.htm
Shefa brachot! (Abundância de benções)


185º DIA - Sefirot - Árvores da Vida

 
A princípio Sefirot significava números, com o desenvolvimento dos conceitos passou a designar esferas, depois passou a significar emergência de poderes, virtudes e emanações divinas, por fim passou a designar uma representação dos atributos, virtudes e qualidades divinas. Pode ser entendido como um canal para o divino.
Na cabala, Deus é chamado de Ayin que significa nada, traduzindo do hebraico. Tudo vem de Ayin Sof e retorna a Ayin Sof, que é eterno e por estar e ser fora da existência é nada. A forma de se conhecer o nada, o Ayin Sof, se dá pelas dez Sefirot.
As dez Sefirot revelam todo o processo universal, o equilíbrio entre os opostos, as leis da existência. Para a cabala, o fluxo das dez Sefirot para os quatro mundos da humanidade não é o único caminho. Nossas ações individuais também tem peso cósmico e podem servir para criar ou destruir.
Clique em cada uma das Sefirot do Diagrama das Dez Sefirot
http://www.sintoniasaintgermain.com.br/Tree_Sefiroth.htm
Shefa brachot! (Abundância de benções)


186º DIA - Sefirot - Árvores da Vida

...segundo a Cabala, o universo pode ser comparado a uma Árvore. O mundo visível é representado pelos ramos e o mundo invisível pelas raízes. A Árvore possui as raízes invertidas, pois os mundos mais altos são simbolizados pelas raízes. O nosso mundo mais baixo reflete os padrões do mundo superior, e tudo que é encontrado neste mundo superior pode ser encontrado aqui, como uma cópia na terra, ainda assim o todo é uno...
Por isso os cabalistas utilizam a "linguagem dos ramos" no desenvolvimento de sua metafísica, e de seus ensinamentos sobre o mundo espiritual... (*)
(*) adaptado de "Ten Luminous Emanations" de R. Itzchak Luria T''L
... assim também está conforme com o universal princípio hermético da analogia: - tudo que está em baixo é como está em cima...
Shefa brachot! (Abundância de benções)


187º DIA - A Década saída do Nada


"Yah, o Senhor das Hostes, o Deus Vivo, Rei do Universo, Onipotente, Todo-Bondade e Misericordioso, Supremo e Glorioso, que é Eterno, Sublime e Sacrossanto, ordenou (formou) e criou o Universo em 32 misteriosas sendas da sabedoria, por meio de três Sepharim, a saber 1- S'for, 2- Sippur e 3- Sapher que são Nele um e o mesmo. Eles consistem de uma década saída do nada e de vinte e duas letras fundamentais."
Fonte: Sepher Yetzirah
http://www.sintoniasaintgermain.com.br/homem/meus_sonhos.html
Baruch atá Adonai, eloheinu melech haolam hamechin mitzadei gáver.
(Bendito seja Tu, Eterno nosso Deus, Rei do Universo, que diriges os passos dos homens.)
Shefa brachot! (Abundância de benções)



188º DIA – Árvore da Vida

 

Os 22 Caminhos da Árvore da Vida
e as suas relações com os Arcanos Maiores
É necessário compreender cada arcano em relação ao caminho que lhe é referente na árvore da vida, explicar o fundamento existencial, deste hieróglifo.
A Árvore da Vida é concebida como um hieróglifo representativo da unidade cósmica, macrocosmo, e unidade Humana, microcosmo.
Sendo um dos principais "instrumentos" para a "Tradição Mística", a Cabala. Assim a tradição, confere a existência de três manuscritos considerados como sagrados, são eles: o Antigo Testamento, Talmud (e a interpretação de vários sábios, do Antigo Testamento) e por fim, a Cabala, que nada mais e, que a interpretação mística do Antigo Testamento. No que refere, ao "instrumento" principal do método cabalístico, a árvore da vida, é composta por 10 esferas a que damos o nome de sephiroths, e cujos nomes são: Kether (1), Chokmah (2), Binah (3), Chesed (4), Geburah (5), Tipharet (6), Netzach (7), Hod (8), Yesod (9), Malkuth (10).
As 3 primeiras, Kether, Chokmah e Binah, constituem o triângulo Supremo, as 3 seguintes, Chesed, Geburah, Tipharet, representam o triângulo Ético, e por último as 3 sephiroths, Netzach, Hod e Yesod, que ilustram o último triangulo, o triangulo Astral.
As dez sephiroths encontram-se ainda organizadas a partir de 3 pilares: Severidade (Binah, Geburah, Hod), Equilíbrio (Kether, Tipharet, Malkuth) e Misericórdia (Chokmah, Chesed, Netzach).
Em relação aos caminhos, estes constituem o trajeto de uma sephiroth até outra, sendo o seu carácter subjectivo contrabalançando a natureza objectiva e misteriosa da própria sephiroth em si.
http://www.sintoniasaintgermain.com.br/melhor.html
Shefa brachot! (Abundância de benções)


189º DIA – Cadeias Químicas

 

A consciência criativa existe em três estados (espaço, tempo e alma), que são refletidos na forma, nome e equivalente numérico de cada letra.
Sabemos a importância na composição das cadeias químicas do corpo, das 4 “letras”: C.H.O.N.Carbono, Hodrogenio,Oxigenio e Nitrogenio.
Os geneticistas desvendaram o alfabeto do D N A, composto de 4 "letras": A.G.T.C.
Aceitamos com ensinamento, que essas letras se referem a 4 diferentes tipos de bases nitrogenadas que se combinam entre si para criar "palavras" e "frases", que compõem o código genético de cada pessoa.
Com o sucesso em decifrar seu próprio código genético os cientistas estariam enfim substituindo Deus por um Novo Deus, mais centrado na figura do próprio ser humano.
Estamos substituindo o IHVH pelo novo Nome Sagrado, o A.G.T.C. Para os que não sabem, estas quatro letras são as iniciais de "adenina", "citosina", "guanina" e "timina", os quatro aminoácidos que compõem o nosso ADN.
Conclusão deste artido no site:
http://www.sintoniasaintgermain.com.br/introducao_72.html
Shefa brachot! (Abundância de benções)


Voltar