sintonia




Estudos de Textos Semanais
Estudar um deles da semana, na ordem, à cada dia.


Ensinar significa 12ª semana

78 Dia -  O que é Cabala?

Cabala: aquilo que é recebido. Aquilo que não pode ser conhecido apenas através da ciência ou da busca intelectual. Um conhecimento interior que tem sido passado de sábio para aluno desde o despertar dos tempos. Uma disciplina que desperta a consciência sobre a essência das coisas.
Seu conhecimento nos traz uma das maiores aprendizagens: Saber RECEBER...seja conhecimento, prosperidade, riqueza, amor, sabedoria, respeito...enfim...LUZ!

Nossa aprendizagem aqui é trazer a luz do criador para nossas vidas e assim experimentar tamanha plenitude.
Nosso processo, então é a reconexão com a força de luz do criador, o que nos coloca em contato com a força e poder internos, o poder de dar e criar que existe dentro de nós. E isto traz a reintegração.

Quem não quer sair da dor e do sofrimento, um sofrimento interno que se traduz por pequenas coisas do dia dia, que chegam até nosso ser mais consciente, nosso ego.

Aprender a receber faz com que a luz seja moldada. Somos vasilhas, receptores e é este que detem a luz, molda e direciona. A luz sem direção é destrutiva.
O SEGREDO É O RECEPTOR.

A luz é o pensamento, as emoções, a energia, a alma, é Zeir Anpin, termo cabalístico, que se refere as 6 sefirot emocionais (midot). * Veja abaixo mais sobre Zeir Anpin e Midot.

Zeir Anpin: Ze'ir Anpin (" O Impaciente "): as seis Sefirot de Chesed até Yesod. É uma estrutura que representa a manifestação de energias e qualidades emocionais da luz. Zeir Anpin é a pequena face, espelho da luz maior, a grande face. São estruturas espirituais. Zeir Anpin deve ser corrigido, também organizado em sua estrutura emocional, para direcionar a luz de forma correta, eu diria que com forma..para que a vasilha possa receber. E isto depende da vasilha, também.
Zeir Anpin é o masculino, a luz, o Adam e a vasilha/receptor é o feminino, o corpo, Hava (Eva).

Midot: É um fluxo de energia, o fluxo emocional representado pelas sefirot de Zeir Anpin, mais malchut, as 7 sefirot. Elas recebem a luz mais pura de Sechel, da mente Divina ( das 3 sefirot de cima). Devido ao esquema da criação, ao pão da vergonha, a não troca que as estruturas criadas fazem, estas duas partes se separam..a mente da emoção. Exatamente como acontece com a gente ( Micro e macro).
E aprender a receber não é algo, assim, tão ligado a nossa consciência, quem recebe é a vasilha(receptor) e esta vasilha deve passar por transformações, Tikun, para receber a luz verdadeira. É por isto que não recebemos tudo que queremos. O que existe aqui são marcas de um processo de vidas passadas, (Hashgachá) onde nossa vasilha/receptor carrega estes padrões e necessita passar por mudanças. Para isto deve se desfazer do egoísmo (Yeshut), daquilo que se move pelo “eu, eu, eu, eu quero... e tem que ser do meu jeito”, algo que na maioria das vezes nem percebemos que fazemos. No final a aprendizagem da vasilha é da perda de achar que tem controle sobre tudo. (escrevi no blog um texto sobre isso –
http://caminhoscabalisticos.blogspot.com/2009/02/um-novo-destino.html).
A questão é: quanto de luz você pode receber?
O quanto de luz você está recebendo? Traduzindo... o que está chegando em sua vida? O que de bom está chegando? Que de ruim?
O que é bom e o que é ruim? Isto tem relação com a luz, com prazer e dor. A função do ruim é sempre nos transformar para que possamos receber o bom, o prazer. Como somos seres de Livre Arbítrio, e não nos damos conta, fazemos escolhas as cegas.... devido as marcas de padrões, nos movimentamos na vida com os desejos negativos, de não merecimento, através de padrões egoísta atraímos as cascas, o pão da vergonha, logo bloqueios.

*Veja o que é o Pão da Vergonha: Imagina você ganhar algo de alguém, todos os dias e não ter nada para retribuir (nem um sorriso, nem um obrigado....) sabe como voce vai acabar se sentindo?
Você vai ter um sentimento ruim e vai embora!
Pão da vergonha é um conceito dado pelos cabalistas, chamado de Lechem Bizaiom, que mostra a dinâmica da criação. Uma dinâmica de troca que trava quando não existe a energia da troca, pois aparece um sistema inteligente que faz com a luz da criação se retire, quando não encontra mais os recipientes da criação com espaço para receber, pois já estão preenchidos.
Estamos aqui para transformar o receptor...e nosso dia dia vai trazendo desafios para que possamos realizar a nossa obra, receber o que desejamos.
Aonde está nosso maior Tikun, correção – está nas coisas que mais desejamos e sofremos para ter. A vasilha/receptor tem algo que não está permitindo.
O plano espiritual atua em nossa vida trazendo as chances de transformação, nossa alma (Nissayon- provas, oportunidades), também atrai situações para que possamos mudar o receptor.
Mudar o receptor é mudar seus pensamentos, sua postura, sua forma de agir.... que você nem se dá conta.
Ex. imagine que você tenha uma agenda cheia, com compromissos importantes, os mais importantes da sua vida ( naquele momento...isto é o que vce acha!) Você está ansioso, correndo....vivendo sua rotina...com mil coisas..e derrepente na corrida, você bate seu pé e quebra seu dedo. O dedinho, o menor.....E a dor que você sente é de sua agenda e sua vida, estressante, mas sob o controle de seu ego, ir abaixo.
Num primeiro momento você pode se desesperar, tentar negociar com você para não ir na emergência... e depois negociar com o medico para continuar a sua vida.
Esqueça!
Você se ralou (rsrsr)....fica imaginando as perdas.....

Sabe o que eu te diria? RELAXE.. este é o desejo da luz! Este é o desejo de sua alma...para corrigir a sua vida e você ter aquilo que deseja. Isto mesmo...aceite como uma oportunidade de TIKUN, reparação.
Você pode não se dar conta, mas a sua vida estava “quebrada”, fragmentada, enlouquecida, em desequilíbrio..você é a causa e as energias negativas (contra inteligência, satã) que nos empurram, que nos atacam.....
Tudo é aprendizagem e o universo tenta nos ajustar para seguirmos a ordem maior.
A Luz/o universo não está dizendo para você não trabalhar....mas de outra forma. Ele não está dizendo para você não descansar...mas de outra forma, não está dizendo para você não se divertir...mas de outra forma...sob um novo ângulo!
Você pode fazer as mesmas coisas....mas de uma outra forma, por um outro caminho.
Bem daqui podemos ter uma outra impressão do que é bom e do que é ruim.
Nem sempre o ruim é ruim, mas pode ser bom e o bom nem sempre é bom, mas pode ser ruim.
A sabedoria da Cabala conta que cada dia da Criação tinha um momento de escuridão e um momento de luz, tinha o bom e o ruim. Nos seis dias da Criação, as coisas mais sagradas e as mais profanas foram criadas,
Nos ensinamentos cabalistas, este mundo que influi no bom e no mal é chamado de tohu – o mundo do caos.

Por causa do criador - caso acredite que existe uma energia maior fora daqui - luz, o criador, Deus, ele, ela ou isto - quis dividir, quis dar algo para alguém, e criar. A história de Adão e Eva é uma metáfora baseada no conceito da origem de tudo e no Pão da Vergonha. Você sabe o que é Pão da Vergonha? É quando você tem tudo, mas não merece nada. É como mimar uma criança, você dá tudo o que ele quer e ele entra em curto circuito. Isto só trás o caos para a sua vida, pois você não merecia o que vai receber. Isto vale para todo mundo. Quando você está junto de uma pessoa que não te merece, acontece este tipo de coisa contra você. Então, te apresento a idéia que o criador nos fez como se fossemos vasos que devem ser preenchidos com aquilo que ele determina como prioridades em nossas vidas. É esta a metáfora do Jardim do Édem. Adão e Eva começaram a querer conhecer o que estava do lado de fora e acabaram comendo o fruto da árvore do conhecimento, do bem e do mal.



Shefa brachot! (Abundância de benções)
Beijos de Amor e Alegria na Luz do Nome Inefável.

 

79 Dia -  O que é pão da vergonha?


Já falamos da importância de transformar nossa natureza reativa em proativa. Mas essa é uma tarefa bastante difícil. Por quê então a Luz simplesmente não nos imbuiu desta habilidade de transformar nossa natureza de imediato, sem nenhum esforço? Pergunte a qualquer pessoa qual o objetivo de qualquer time esportivo e 10 entre 10 pessoas dirão que o objetivo é vencer. Se você jogasse em um time, qual seria seu objetivo? Vencer! Afinal, não é isso que todos os times e atletas, amadores ou profissionais desejam? Nem tanto. Talvez o que desejemos de uma partida seja o desafio a possibilidade de perder. Para que possamos compreender melhor, vamos ilustrar com uma estória simples: Bobby é um garoto que faz parte de um time de baseball. Seu maior desejo é ser o lançador num fantástico jogo, e deixar seu pai e sua mãe orgulhosos. Bobby recebe esta chance logo no primeiro jogo, quando seu técnico o escala para ser o lançador da partida. Ele atira muito bem e vai eliminando os batedores um a um. Quando elimina o último batedor, todos os seus companheiros de time correm para ele, levantam-no nos ombros e correm por todo o campo. Bobby fixa os olhos em sua família que está sorrindo e acenando para ele das arquibancadas. A sensação de vitória e os sentimentos de alegria do garoto são indescritíveis. Mas depois do jogo, Bobby descobre algo chocante. O pai de Bobby, sabendo do desejo do menino, queria que ele realmente tivesse essa sensação de realização porque era dia de seu aniversário. Então seu pai havia combinado com os técnicos e jogadores dos dois times para que entregassem o jogo para Bobby. Em outras palavras, o jogo estava arranjado. Todos os garotos erraram de propósito e todos os componentes dos dois times sabiam a respeito. Agora, sabendo disso, como você acha que Bobby se sentiu?

A Kabbalah chama esse sentimento de Pão de Vergonha.
E eis aí a nossa resposta : se a Luz simplesmente nos desse, Receptores que somos, a habilidade de transformar nossa natureza sem nenhum esforço de nossa parte, nós nunca iríamos nos sentir genuinamente envolvidos ou felizes. Não teríamos realmente merecido a Luz. Sentiríamos o Pão da Vergonha porque a Luz compartilhou livremente, nos preenchendo com uma infinita realização não merecida e não mais apreciada. Por essa razão, o Receptor pediu por um desafio, uma barreira que o impedisse de receber a Luz Infinita incondicionalmente. Assim como o jogo de baseball, o Jogo da Vida também tem que ter seus desafios. São esses desafios que fazem aflorar em nós as nossas melhores habilidades. O grande desafio é transformar nossa natureza, eliminando o Pão da Vergonha para, aí sim, recebermos a alegria e realização infinitas.

Rabino Joseph Saltoun

Shefa brachot! (Abundância de benções)
Beijos de Amor e Alegria na Luz do Nome Inefável.

 

80 Dia - Não Podem Entar


A Kabbalah ensina que “ter certeza” significa construir um receptor para conter a Luz. Quando é grande o tamanho da nossa certeza, a Luz no final do processo – de qualquer coisa que estivermos enfrentando – também será grande.
No entanto, se nossa certeza for do tamanho de um dedal… já deu para entender.
Ter certeza não é acreditar – acreditar deixa espaço para “estou aberto para o fato de que posso estar errado”. Ter certeza é saber que as ferramentas funcionam, saber que o universo funciona, saber que a Luz está presente, mesmo se nossa percepção limitada não nos permite ver.
Quanto maior a certeza, maior o receptor para a Luz.
A coisa incrível sobre a certeza é que ela não é só uma ideia kabbalística. Ela é uma ferramenta para mudar nossas vidas. Precisamos usar as ferramentas para trazer a Luz e ter certeza para manifestá-la em nossas vidas.
Especialmente depois de momentos de vitória; quando vislumbramos uma versão melhor de nós mesmos; quando nos sentimos mais conectados e com mais clareza – a parte mais escura da nossa natureza, a força que tenta nos atrapalhar e destruir, prejudica nossa certeza e nossos sentimentos de conexão para nos dissuadir de nossos comprometimentos e ir em frente com nossas mudanças.
A dúvida atrasa o processo para nós, tornando-o mais difícil. Porém, é nossa livre escolha deixarmos ou não a dúvida entrar.
Esta semana, comprometa-se a dizer NÃO para suas dúvidas.
Tudo de bom,


Yehuda


Shefa brachot! (Abundância de benções)
Beijos de Amor e Alegria na Luz do Nome Inefável.
 

 

81 Dia -  Sementes de Cabala


* Para que nossos relacionamentos corram bem precisamos ser verdadeiros e estar dispostos a olhar para nós mesmos e ver o que estamos trazendo à mesa para que o relacionamento funcione - ou não funcione.

* Vivemos num mundo de causa e efeito, em que o tempo cria um espaço entre a ação e a reação. É por isso que raramente a Luz aparece no momento em que fazemos alguma coisa, seja positiva ou negativa.

* É mais fácil dizer para as pessoas o que elas querem ouvir; concordar com o outro mesmo se no fundo discordamos. Mas isto acaba criando um distanciamento. Hoje, fale a verdade, de forma carinhosa.

* Quando se trata de fazer coisas que trarão gratificação instantânea, ficamos motivados, mas quando é hora de nos estendermos e fazer mais pelos outros, temos preguiça. Hoje, aja com entusiasmo e paixão.

* A alma tem preguiça? Não, porque a preguiça vem de ser controlado por tempo, espaço e movimento. A alma quer e pode realizar todos os nossos sonhos e desejos, mas precisa se libertar do peso do corpo

* Sendo que a vida é regida por causa e efeito, para ter uma vida melhor é fundamental admitir os erros, retornar ao momento em que fomos insensíveis ou cruéis com outras pessoas e sentir a dor que causamos.

* Em vez de evitar o trabalho ou a interação nas situações onde você se sente fraco e desmotivado, fique empolgado com a oportunidade de quebrar uma barreira, de fazer seu trabalho e de fazê-lo com amor

* Li a seguinte citação: “os pessimistas geralmente tem razão, e os otimistas costumam estar errados, mas quem fez mais mudanças positivas foram os otimistas”. Mantenha o otimismo. É isto que muda o mundo.

* A melhor maneira de receber bênçãos é através de dar bênçãos para outras pessoas. Desejar o bem para os outros atrai o bem para você mesmo. Sinta o que o outro precisa e deseje isto a ele.

 

* Recentemente meu mestre, o cabalista Rav Berg, disse que precisamos saber que tudo que acontece vem da Luz do Criador. Mesmo aquilo que parece ser contra a Luz, na verdade vem da Luz.

* Todos nós temos bênçãos em nossas vidas, mesmo quando a vida parece ser tão escura. Pelo que rezamos então? Pela capacidade de reconhecer que Deus está em tudo, ensina minha mestra Karen Berg.

* Nós só mudamos um comportamento quando ele nos repugna. Não adianta dizer que “devia ser mais sensível” ou que “devia passar mais tempo com meus filhos”. Comprometa-se a mudar.

* Os cabalistas enfatizam a importância de estar rodeado de pessoas que nos fazem evoluir. Existe alguém em sua vida que você admira? Esforce-se para ter as qualidades que admira nesta pessoa.

* Acredite, dentro de você existe exatamente aquilo que lhe incomoda em outras pessoas. Esteja aberto para mudar em você aquilo que você gostaria que os outros mudassem neles.

* Padrões de pensamento negativos como “é bom demais para ser verdade”, “não se pode confiar em ninguém”, “nunca conseguirei mudar” nos impedem de obter plena satisfação. O que “toca” na sua mente?

* Não é recomendável permitir um espaço entre a oportunidade de fazer o que é certo e a ação. Faça logo. Quando você se treina a entrar em ação rápido, sem deixar para depois, isto vai se tornando natural.

* Quando uma pessoa lhe incomoda, pergunte a si mesmo: “quero mesmo estar com esta pessoa?” Se a resposta for sim, faça uma escolha consciente de colocar de lado o resto do pacote negativo dela.

* Quantas vezes você quer alguma coisa, mas não pede por presumir que não vai conseguir mesmo? No fundo, se você não pede é porque não sente que merece. Você merece tudo que a vida quer lhe oferecer.


* Para crescer na vida há momentos em que precisamos assumir riscos. Vencer seus medos e sair da sua zona de conforto expande seu receptor e possibilita que mais Luz penetre na sua existência.

 

* As crianças não aprendem ouvindo repreensões; aprendem vendo e fazendo. Se você grita com seu marido, seu filho adquirirá o mesmo ressentimento e se tornará um adulto raivoso, ensina minha mestra Karen Berg.

* Se quisermos estar conectados com uma fonte infinita de felicidade, nossos pensamentos precisam ser os pensamentos do Criador. E o Criador tem um único pensamento: como posso ajudar?

* O Zohar diz que se você salva uma vida, é como se tivesse salvado o mundo. Muitas vezes não percebemos o desespero das pessoas ao nosso redor, e como podemos ajudá-las simplesmente demonstrando interesse.


* Desejar uma conexão, se render e pedir por ajuda das profundezas do coração - é isto que acende a Luz, que nos conecta com o Criador, que permite que a correção aconteça, ensina Yehuda Berg.

* Humor não é só brincadeira. É um componente importante para alcançar a sabedoria. O humor abre coração e mente para a absorção da sabedoria, por isso os sábios começavam suas aulas com uma piada.

* Ser sensível é ter a capacidade de entender a dor dos outros, o que está se passando dentro deles. Hoje, ao entrar em contato com outras pessoas, tente perceber o que está acontecendo além da superfície.

* É muito fácil ver o que há de errado nos outros. Hoje, faça um esforço para ver o que eles têm de bom. Isto cria uma conexão imediata com a Luz do Criador, especialmente quando você preferiria ver o mau.

* A dor quebra camadas de negatividade que criam barreiras entre nós e a verdadeira plenitude. Quanto mais rápido admitirmos que a dor tem um propósito, mais rápido o propósito se realiza e ela vai embora.

* Cada um de nós vem a este mundo com uma bagagem espiritual de vidas passadas. Todas as vezes que não conseguimos resistir ao nosso comportamento reativo precisaremos corrigir isto em algum ponto no futuro.

* Algumas pessoas falam do coração, outras da cabeça. Duas pessoas podem ter a mesma inteligência, mas quem fala do coração tocará os outros, enquanto quem fala da cabeça não. De onde vêm suas palavras?
* Costumamos falar com Deus a respeito de nossos problemas. Mas a única maneira de resolvê-los é falar a eles a respeito de Deus. Diga a seus problemas que você tem uma faísca divina, com poder infinito!

* Quer encontrar sua alma gêmea? Para encontrar a pessoa certa antes você precisa ser a pessoa certa.

* Dois planos nos afetam: o espiritual e o físico. O físico às vezes causa dor, outras vezes traz alegrias. Mas abra-se para o espiritual, porque o físico acaba desaparecendo; já o espiritual é eterno.

* Espiritualmente, o que é a Luz? Luz é alegria, plenitude, amor incondicional. É o que enche de vida nosso corpo. Todos os momentos em que o prazer flui através de você, isto que está sentindo é a Luz.

* Uma das formas que a Luz tem de nos guiar é através da intuição. Aprenda a confiar mais na sua intuição, no primeiro pensamento que surge na sua cabeça, no instinto inicial.

* Quantos problemas são causados por interpretarmos errado o que nos dizem? Nossa natureza egocêntrica sempre pensa o pior e leva tudo para o lado pessoal. Para ser mais feliz, aprenda a domar seu ego.

* Mesmo quando parece que estamos passando por um momento muito escuro na vida, há sempre uma chama piloto ardendo, em algum lugar. Procure por esta Luz hoje. Conte suas bênçãos.

* Cada pequena ação aparentemente insignificante que fazemos, seja positiva ou negativa, leva o braço da balança de toda a humanidade para um lado ou para o outro.
Somos responsáveis por tudo que acontece.

 

*Quando nos imergimos nas águas da consciência de compartilhar, quando nos preocupamos com o bem-estar dos outros, a inveja que outras pessoas possam sentir não tem efeito sobre nós.

* Sabe qual o seu castigo se você tiver inveja, raiva, ciúmes ou falta de consideração? Inveja, raiva, ciúme e falta de consideração. Se não quer sentir a dor desses sentimentos, não seja negativo e vingativo.
* “Assim como produtos hostis ao meio ambiente danificam a camada de ozônio, pensamentos espiritualmente insalubres prejudicam sua aura, seu escudo protetor metafísico.” – Karen Berg

* Saia da posição de vítima. Quando assumimos total responsabilidade por nós mesmos, ficamos alinhados com forças cósmicas que têm como objetivo nos ajudar a crescer.

* As pessoas têm todos os tipos de desculpas para as complicações de suas vidas, mas a verdade é que a alma é colocada na situação que provê as condições ideais para cumprir sua tarefa, seja esta qual for.

* Temos medo de sofrer com o término de uma relação, mas às vezes o melhor pode ser deixar uma estrutura instável desmoronar, criando espaço para um relacionamento mais sólido e autêntico ocupar seu lugar.

* Nada é 100% preto ou branco, certo ou errado. Toda vez que você acha que tem razão, haverá alguém para discordar. O problema da discussão não é quem tem razão – é achar que um está certo e o outro errado.

* As promessas que fazemos têm uma energia poderosa. Quando fazemos promessas e não as cumprimos, criamos vácuos energéticos em nossas vidas, que são o motivo de nos sentirmos insatisfeitos e vazios.

* Não estamos aqui para fazer com que o máximo possível de pessoas goste de nós, mas sim para fazer o que é certo e estar disposto a ficar só se isto significar defender o que se acredita.
Fale sua verdade.

Não existe coerção na espiritualidade. Não podemos impingir nossas opiniões aos outros, mesmo se acharmos que é pelo benefício deles. Podemos apenas compartilhar de coração aberto e a Luz fará o resto.

* A culpa nunca é dos outros. Eles são apenas mensageiros que lhe mostram o que você precisa aprender a respeito de si mesmo.

* “Lembre-se de sorrir, mesmo sem sentir vontade. Se fizer isto, perceberá que seu humor melhora e que se torna mais fácil continuar sorrindo.” – Karen Berg

* “Onde está seu pensamento, é precisamente aí que você está – todo seu ser se encontra neste lugar.” Baal Shem Tov. Onde você se encontra hoje? Coloque seus pensamentos na felicidade do aqui e agora.

* Se você estivesse realmente conectado com a Luz, saberia que sua essência é parte de Deus. Temos que saber que somos sagrados. Quando estamos conectados com nosso aspecto sagrado, nada pode nos atingir.

* Viemos ao mundo para fazer por merecer a plenitude que recebemos. Por isso, quando recebemos algo sem ter feito por onde, sentimos ressentimento. Os cabalistas chamam este sentimento de “Pão da Vergonha”.

* O Zohar, texto principal da Kabbalah, explica que assim que saímos do útero temos um parceiro – o Oponente – sempre ali para nos desafiar. Nossa missão é encontrar e vencer este inimigo interno.

* Erros são oportunidades. Toda vez que “pisamos na bola” – intencionalmente ou não – há uma oportunidade de aprender e passar a um novo nível. Na verdade, um erro só é um erro se não aprendermos com ele.

* Tudo foi criado com o objetivo de trazer a Luz do Criador para o mundo. Ser verdadeiramente importante é ser conectado com a Luz. Saiba que essa conexão vem de ações de transformação e de compartilhar.

 

* Quanto mais desafiador for o obstáculo que você enfrenta na vida, mais evoluído espiritualmente você ficará se superá-lo. O mais importante é o esforço, não a realização. Dê o máximo de si e a Luz surgirá.

* Quando você comete um erro, desaponta um amigo ou fala uma besteira, de que adianta ficar revivendo o momento e se sentir culpado? A culpa não leva a nada. Pense como pode agir diferente da próxima vez.

* A transformação é o objetivo da vida, e os obstáculos nos dão esta oportunidade. Dê boas-vindas aos obstáculos que enfrentar hoje. Use-os para praticar a transformação e resistir às suas reações emocionais.

* Para encontrar a Luz, você primeiro precisa encontrar a escuridão. A Luz está sempre presente, você só precisa abrir as cortinas – baixa auto-estima, egocentrismo, elitismo, dúvidas – e deixar o amor entrar.

* O propósito da espiritualidade não é alcançar a perfeição – e sim se esforçar para chegar lá. O mundo irá mudar quando o número suficiente de pessoas estiver se esforçando para atingir a perfeição.

* A Luz do Criador é uma força de amor incondicional. Toda vez que agimos vindo de um lugar de verdadeira preocupação pelo bem estar do outro, ativamos esta força dentro de nós.

* Quando buscamos satisfação temporária já, é bem provável que tenhamos caos duradouro. Quando estamos dispostos a enfrentar um desconforto temporário, temos uma ótima chance de obter plenitude duradoura.

* A primeira coisa que se aprende na Cabala é que tudo tem um propósito e que nada que acontece é aleatório. O acaso não existe.

* Precisamos nos perguntar: “O que eu fiz hoje de diferente do que fiz ontem?” Enquanto estivermos vivos devemos estar mudando, em constante transformação para melhor.

 

* Perante os olhos do Criador, passado, presente e futuro são apenas uma ilusão. O tempo só existe no nosso plano físico. Sendo assim, foque sua energia no aqui e agora.

* Algumas pessoas têm montes de dinheiro e bens materiais e são infelizes. Outros têm poucas riquezas, mas uma vida abençoada. O que determina se algo será uma bênção ou uma maldição é nossa consciência.

* Uma pessoa espiritualizada é aquela que diz: “é isto aqui que eu sou. Se você gosta da pessoa que eu me tornei, aprenda com o que vê para que você também possa ser parte da mesma Luz da qual eu sou parte.”

* Nós temos uma escolha: Ser uma Luz para o mundo ou ser uma Luz somente para nós mesmos. No caminho para o sucesso, devemos reconhecer que somente o poder da Luz nos levará a alcançar nosso propósito.

* Muitas vezes Deus nos manda sinais. Mas geralmente estamos envolvidos demais com nossos próprios problemas e desejos para enxergá-los. São exatamente eles, porém que nos protegeriam de uma escuridão futura.

* Quando restringimos nossa negatividade geramos uma Luz poderosa. Aquele que está mais perto da força da Luz não é o sujeito passivo, e sim aquele que consegue converter sua negatividade em energia positiva.

* Muitas mulheres estão casadas com homens que não estão tão envolvidos com espiritualidade quanto elas. Para ajudar seu parceiro a se elevar, seja um exemplo dos princípios espirituais que você incorporou.

* Anjos são criados pelas palavras que passam por nossos lábios. Quando difamamos alguém, criamos anjos negativos para nós. O contrário também acontece: criamos anjos bons ao compartilhar palavras positivas.

* Para receber bênçãos do Criador preciso abrir meu coração para desejar bênçãos para os outros. Do fundo do coração devemos desejar o bem para outras pessoas.
Isto abre o canal da bênção para nós mesmos.

 

* O trabalho de espalhar dignidade humana é uma causa que todos devem defender. Nós esquecemos facilmente que o único jeito de trazer a paz é sendo uma pessoa que utiliza a paz em todas as ações.

* Cada ação que fazemos é como uma oração. Nossas ações são o que será passado de nós para o resto do mundo. Nós podemos estender nossa energia para compartilhar ou para machucar. Só depende de nós.

* Minha mestra Karen Berg diz que liberdade é poder fazer aquilo que você gosta, ganhando dinheiro com isso ou não. Sua motivação para fazê-lo é porque esta é sua missão na vida.

* Precisamos todos os dias pedir para estar com os olhos abertos e os ouvidos atentos para ver e ouvir as mensagens que o universo nos manda o tempo todo.

* Você tem total capacidade de superar as situações negativas que surgem na sua vida. Quanto mais difíceis os desafios, maior a oportunidade de se elevar, sabendo que você pode vencer.

* “Deus corresponde às nossas orações com base em nossas ações.” Karen Berg

* Manter a consciência elevada e escolher o caminho correto quando as coisas não estão indo da forma como esperávamos – isto é viver verdadeiramente a espiritualidade.

* Todos nós temos capacidade de superar qualquer desafio. No entanto, o lado negativo enche nossa cabeça de dúvidas como: “Você não vai conseguir. Você não tem capacidade. Você não vai chegar lá.

* Costumamos ser muito “espiritualizados” quando tudo está indo bem. Mas quando alguma coisa dá errado, a tendência é jogar tudo pela janela. O quanto você é espiritualizado nos momentos de dificuldade?

* Quando pedimos para Deus limpar algo negativo de nossas vidas, mas não estamos pedindo pelo motivo correto ou com a consciência correta, a limpeza não acontecerá, ensina minha mestra Karen Berg.

 

* Um relacionamento que começa vindo de um vazio ou de uma carência dificilmente será duradouro. Dê a si mesmo amor e aprovação, para não depender de receber aprovação de outras pessoas.

* Precisamos ter humildade e reconhecer que sem o Criador não somos nada.

* Mesmo aqueles que estão se esforçando para subir na escada espiritual sofrerão quedas. O caminho para o topo não é direto. É importante lembrar que quanto mais caímos, mais podemos nos elevar.

* Tudo que existe tem um aspecto positivo e um negativo. Não importa o quanto algo pareça ser negativo; sempre podemos transformá-lo em algo belo.

* Você é o maior prejudicado quando descarrega em cima dos outros a raiva por suas próprias frustrações internas. Este tipo de raiva só gera escuridão.

* O Zohar diz: “Tudo que um ser humano pode aprender já é conhecido por sua alma antes de descer ao mundo”. Nosso trabalho no mundo não é aprender coisas novas, mas recordar o que já existe dentro de nós.

* É melhor não mostrar a todos as coisas que temos e tudo de bom que nos acontece. Alguns podem não ser tão afortunados, e o seu vazio faz com que sintam inveja. O olhar dessas pessoas pode ferir.

* Fomos criados com uma má inclinação dentro de nós. Nosso objetivo na vida é superar essa má inclinação e nos tornarmos merecedores de receber a plenitude que emana da Força da Luz do Criador.

* Às vezes precisamos que alguém nos lembre de que somos especiais. Podemos sair dos buracos mais fundos ao ouvir palavras carinhosas. Hoje, diga para alguém que você gosta: “Eu acredito em você!

* Um relacionamento pode ser eterno se estiver beneficiando mais pessoas e criando algo que se expande além do casal envolvido. Pode ser um projeto de caridade, um trabalho, algo que beneficie o mundo.

 

* Precisar de outra pessoa para se sentir inteiro é um péssimo sentimento. Num relacionamento saudável, você e seu parceiro são interdependentes. Você não pode depender do outro para receber aprovação.

* Quando desejamos vingança, ou mesmo quando ficamos felizes por saber que eles receberão o que merecem alguma hora, estamos agindo como canais de julgamento, e atraímos a mesma energia para nós mesmos.

* Examine as suas prioridades. Perceba no seu dia quanto tempo você dedica ao que realmente importa – servir aos outros, sacrificar seu ego e aumentas sua conexão com a Luz do Criador.

* Todas as situações e pessoas na nossa vida são exatamente aquilo que precisamos para nos levar para o próximo degrau na nossa transformação. Nada é a toa, nada é por acaso, não existe acidente.

* Permita que a outra pessoa tenha suas opiniões, por mais erradas que elas pareçam ser. Livre-se da necessidade de mudar os outros e fazer com que pensem igual a você. Foque no amor – funciona sempre.

* Embora seja importante se colocar e expressar seus sentimentos, é igualmente importante ouvir os sentimentos da outra pessoa e estar aberto para a perspectiva dela. É isto que cria uma abertura para a Luz.

* Em vez de gastar energia discutindo quem tem ou quem deixa de ter razão, quem está certo e quem está errado, é mais produtivo parar um instante e se perguntar se vale a pena mesmo ter razão.


Shefa brachot! (Abundância de benções)
Beijos de Amor e Alegria na Luz do Nome Inefável.

 

82 Dia - Sementes de Cabala

* Em alguns casos pode ser bom ter ego, no sentido de reconhecer seu valor e talentos. É o ego positivo. Hoje, foque no que você gosta em si mesmo. Quanto melhor você se conhece, mais pode realizar.

* Um aluno disse a um mestre que estava procurando há anos por um caminho espiritual, mas que ainda não tinha encontrado. O mestre disse: "Se você está procurando por um caminho, já está no caminho".

* Certas coisas simplesmente não são possíveis. É impossível Luz e escuridão coexistirem no mesmo espaço. E é impossível para uma pessoa cujo coração está cheio de alegria sentir qualquer tipo de ódio.

* Você é muito crítico? Pratique perdoar hoje. Existe sempre um bom motivo para criticar as outras pessoas, mas não vale a pena pela separação que isto cria.

* Não adianta lutar contra a escuridão com mais escuridão. Acenda a Luz e a escuridão desaparecerá.

* Nossa tarefa é nos desarmarmos da armadura que nos protege e descobrir como viver no desconforto da exposição e da realidade. Hoje, exponha-se. Diga o que de fato tem em mente. Permita-se ser você mesmo.

* Precisamos constantemente nos libertar de nosso medo de estar num lugar de carência e de desconforto. Estar confortável com a incerteza é a chave para se alcançar a verdadeira certeza.

* Ao enfrentar algum desafio na vida, seu maior problema não é o desafio em si. Se isto lhe faz cair num estado de tristeza, a tristeza sim é o verdadeiro problema. Saiba encarar a vida com alegria.

 

* É a dúvida que traz o sentimento de desprezar a si mesmo e de odiar outras pessoas. Através da certeza vem o amor.

* Quando alguém vem nos contar seus infortúnios achamos que precisamos dizer alguma coisa para resolver seus problemas. Mas só de ouvir com atenção a solução surgirá por si só. Seja um ombro amigo.

* Não importa o quanto você sabe. O que importa é o quanto você se importa. Este é o cerne do significado de ser uma pessoa espiritualizada e misericordiosa que está se aproximando do Criador.

* Cinco dicas para se conectar com milagres: começar o dia com gratidão, perceber que a vida em si é um milagre, reconhecer a precisão da natureza, buscar a Luz nas pessoas, identificar a Luz em todas as coisas.

* Ficar pensando no passado ou se preocupando com o futuro é uma perda de tempo que nos tira da importância do momento que estamos vivendo. Traga a si mesmo para o aqui e agora.

* Seu trabalho e relacionamentos lhe permitem ser quem você realmente é? É importante ser seu eu verdadeiro em todos os aspectos da vida. Para ser feliz o externo e o interno precisam ser compatíveis.

* Num relacionamento, simplesmente foque em compartilhar e não se preocupe em como ou quando você receberá o seu porque a verdadeira troca não é entre você e o outro, mas sim entre você e o Criador.

* Quem dá de todo coração está destinado a receber de volta. Para não ficar frustrado por compartilhar e não receber nada por isto, não tenha expectativas de que o retorno venha da pessoa para quem você deu.

* Às vezes pessoas descarregarão suas frustrações em cima de você. Em vez de levar para o lado pessoal, releve, sorria, deseje o bem à pessoa, e não leve essa energia pesada para si.

 

* Todos temos qualidades e defeitos. Em vez de focar nos defeitos das pessoas ao seu redor, o que só estimula ainda mais esses defeitos, foque no que elas têm de bom. Isto ajuda a despertar o bem nelas.

* É importante desejar o máximo da vida – um parceiro perfeito, saúde tinindo, um mundo em paz, realizações pessoais e por aí vai. Não como ganância, mas sem limitações no que você pode realizar.

* Um grande cabalista escreveu certa vez: “quando um pai reclama que seu filho escolheu um mau caminho, o que deve fazer? Amá-lo ainda mais”. Quem que você conhece precisa de mais amor hoje?

* Quando nos sentimos perdidos, é importante ter uma pessoa forte por perto que nos encoraje a ver as coisas como elas realmente são, alguém que acredita em nós quando nós mesmos já deixamos de acreditar.

* É fácil dizer que ama uma pessoa quando está se sentindo apaixonado. Mas o teste do verdadeiro amor é conseguir amar a pessoa quando você a está detestando.

* A revelação espiritual pode vir como um clarão – ela aparece, você a recebe, ela desaparece. Por isso é importante agir agora, e não deixar para depois. Depois, a clareza ou verdade podem ficar nebulosas.

* Em geral, o primeiro pensamento que entra na nossa mente vem da Luz e é o certo. Depois, pensamos demais, somos bombardeados com diversos pensamentos que divergem do primeiro, e nos complicamos.

* Antes de uma negociação, reunião ou conversa difícil, peça que a Luz fale por você. Simples, mas não é nada fácil silenciar a mente e deixar que a pequena voz dentro de você venha para o primeiro plano.

* Temos uma tendência a ver primeiro o negativo e o que está errado. As pesquisas dizem que contamos algo negativo para mais pessoas do que uma boa notícia. Hoje, foque no que está certo e no lado bom da vida.

 

* Nós criamos nossa própria realidade. Em vez de ficar chafurdando na dor e em erros do passado, visualize um futuro melhor e perceba como você está cada vez mais perto disto e como as coisas estão melhorando.


* A alma sempre sabe qual é a coisa certa: seja a alma gêmea ou o que pedir para o almoço. Mas nos perdemos em nossos pensamentos e complicamos tudo. Hoje, mantenha a simplicidade.


* Quando estiver passando por um momento doloroso, fique feliz pelo processo. Significa que sua capacidade está se expandindo. Estar feliz permite que a Luz que sua dor revela penetre no seu ser.


* Toda vez que ficamos na comodidade do “já fiz o suficiente” ou contamos com ações do passado, nos permitimos cair. Por fugir do desconforto do corpo, perdemos oportunidades de crescer.


* A natureza física e a natureza humana estão diretamente interligadas. Para obter controle sobre a mãe natureza, você precisa dominar as forças da sua própria natureza interna.


* Duas partes com opiniões opostas e pontos de vista conflitantes podem ambas estar certas. O problema vem quando começa a intolerância. Em vez de querer ter razão, melhor é encontrar o denominador comum.


* Quando ouvimos nossos filhos se autodepreciando, naturalmente dizemos a eles o quanto são maravilhosos. Será que fazemos o mesmo por nós mesmos? Hoje, fale consigo mesmo de forma gentil.


* Vivemos simultaneamente em dois universos paralelos: o mundo físico, visível, e o mundo espiritual, invisível. A missão do ser humano é unir esses dois mundos para que operem em harmonia.


* Um dos problemas de nosso mundo vem das fronteiras: entre as pessoas, entre as nações. Hoje, derrube uma fronteira pessoal que cria separação entre você e outras pessoas.

 

* A alma nunca se cansa, assim como os átomos não ficam exaustos e a eletricidade não se cansa. A fadiga, como qualquer outra limitação, é uma expressão do desejo de receber para si mesmo do corpo.

* A melhor maneira de se obter um sinal é fazer uma pergunta específica antes de ir dormir. Não algo amplo como ‘me mostre quem é minha alma gêmea’, mas sim algo mais direto com ‘fulano é minha alma gêmea’?

* Hoje, mude alguma coisa e fuja dos lugares aonde vai por rotina. Faça as coisas de forma diferente. Quando mudamos alguma coisa, nossa energia muda junto, e isto nos ajuda a encontrar nosso potencial.

* Nada acontece por coincidência. A Luz está por trás de tudo. Mas para que de fato a Luz esteja revelada sempre precisamos ter certeza disto. Nossa certeza revela a Luz, e nossa dúvida a oculta.

* De Michael Berg no livro “O Segredo”: A essência do Criador é de compartilhar. Para nos tornarmos como Ele precisamos transformar nossa natureza para que deixe de ser de receber e passe a ser de compartilhar.

* “A grandeza não está reservada para os grandes. Os grandes simplesmente são aqueles que se ergueram para ir ao encontro de seu destino”. De Michael Berg, no livro “Tornar-se Como Deus”.

* Pode parecer que na luta pelo sucesso é o maior e o melhor quem vence. Mas um verdadeiro sucesso é uma pessoa que consegue se colocar no nível de seja quem for com que esteja conversando. Isto é humildade.

* Imagine que você tem um tesouro preciso. Algo de tanto valor, que você não sairia por aí mostrando para todos, só compartilharia com uma pessoa em quem confia totalmente. Você tem: este tesouro é você.

* “Quando reza, você fala com Deus. Quando medita, Deus fala com você”, diz minha mestra Karen Berg. Encontre um espaço para meditar – para se conectar com esse lugar sagrado que existe dentro de você.

 

* A ansiedade nos engana criando um futuro imaginário que na verdade não existe. Em geral a coisa negativa que você teme não acontece nem nunca acontecerá. Em vez de imaginar o negativo, veja o positivo.

* Não são nossas qualidades positivas que acendem a Luz. A Luz acende quando identificamos e transformamos nossas características negativas.

* Espiritualidade não significa simplesmente ser bom. Significa transformar nossas qualidades “não tão boas assim”. O caminho para a iluminação exige uma constante melhora.

* Aprendi com minha mestra Karen Berg que a maior virtude de um ser humano é ver o outro com tolerância e amor. Ver qualquer pessoa com menos que isto é uma tragédia. É isto que nos diferencia dos animais.

* O Zohar diz que os portões da oração são abertos para nós pelos pássaros, porque são eles que carregam nossas mensagens para cima, para os Mundos Superiores, ensina Karen Berg, autora de “Deus usa Batom”.

* Às vezes você encontra a outra metade da sua alma, mas não é o momento certo na sua jornada. Vocês podem se encontrar de passagem e depois voltar a dar anos depois um com o outro em novas circunstâncias.

* Diz Karen Berg autora de “Deus usa Batom – Cabala para Mulheres”: Raramente procuramos Deus quando estamos bem. Só buscamos o Criador quando temos problemas. Por que fazemos assim se toda felicidade vem Dele?

* Karen Berg, autora de “Deus usa Batom”, a mestra que abriu as portas da Kabbalah para as mulheres diz: “os laços que sustentam as comunidades têm o poder de resistir ao mal. Vamos nos unir deste modo”.

* Quer ter um grande crescimento hoje? Peça a alguém que você não conhece muito bem que lhe diga que impressão tem a seu respeito.
Retorno deste tipo tem um enorme potencial de transformação.

 

* Um conceito kabbalístico dita que um dos motivos que temos maldições é por não vermos as bênçãos que temos. Em que bênção você quer focar hoje? Escolha uma e mantenha-a em mente o dia inteiro.

* Costumamos ficar frustrados quando as coisas acontecem de forma diferente do que tínhamos planejado, porque não vemos que por trás do acontecimento inesperado existe uma oportunidade de crescimento.

* Consideramos milagres acontecimentos acima da natureza. A Kabbalah ensina que nós temos o poder de criar milagres. Para isto, precisamos ir acima da nossa natureza e superar nossos traços egocêntricos.

* Os 72 Nomes de Deus são uma fórmula que Moisés usou para abrir o Mar Vermelho e que nós podemos usar para ir acima de características negativas da natureza humana.

* A Luz criou nosso mundo com misericórdia. Não completaríamos o dia se não fosse isto. A pergunta é: será que oferecemos misericórdia aos outros? Hoje, freie seu instinto de julgar, criticar e separar.

* O maior prazer está em compartilhar com os outros – como ver a reação no rosto de uma criança pobre quando a alimentamos. Participar em algo assim nos provê um prazer realmente gratificante.

* Com freqüência, as pessoas que parecem ter a pele mais grossa são as mais sensíveis, mas nunca nos deixam ver seus sentimentos. Para isso precisamos criar uma abertura nos nossos pensamentos.

* O Zohar ensina que o desejo é um receptor que retém a Luz. Precisamos manter o desejo pelo que já temos, o que nem sempre é fácil porque é nosso hábito focar no que não temos. Hoje, tenha anseio pela vida.

* Quanto mais se demora a lavar os pratos, mas difícil fica. A vida é assim. É fácil corrigir algo logo depois que aconteceu – algo errado que se tenha dito ou uma atitude insensata. Se não agir logo fica pior.

 

* Enquanto os paradigmas da saúde tradicional e não tradicional estão focados em tratar os sintomas físicos de uma doença, a Kabbalah revela o segredo de que um problema de saúde começa no nível espiritual.

* Não espere o outro mudar para ser feliz. Mude você. Se sua felicidade depende de outra pessoa mudar ou de uma situação mudar, mesmo que isto aconteça você descobrirá que ainda falta alguma coisa.

* Se você fica excessivamente confortável em alguma área de sua vida, sem desafios nem crescimento, saiba que o próximo passo será um vazio ou uma queda. Precisamos estar sempre evoluindo e fazendo mais.

* Um princípio espiritual determina que quem não aprecia o que tem na vida perde o que tem, para compreender o valor do que tinha e aprender a apreciar. Hoje, dê valor a todas as suas bênçãos.

* Um homem reclamava por não ter sapatos, até que um dia viu um homem que não tinha os pés. Para evitar focar no que está faltando, é um exercício saudável olhar ao redor e ver o que falta aos outros.

* Amar é confessar seus medos, esperanças, fantasias, pensamentos inapropriados, sua verdade. O processo de ser vulnerável destrói os bloqueios num relacionamento. Hoje, seja verdadeiro com quem ama.

* Existe uma dimensão acima do tempo. Tudo neste plano é um – vida e morte, terra e água. Mas para entrar neste universo de pensamento onde tudo é um você precisa abandonar seu ego e esquecer seus problemas.

* Diz o sábio Maguid de Mezritch sobre uma pessoa que não sabe rezar: “é como uma criança muito amada pelos pais. Mesmo sem saber falar direito, os pais sentem prazer quando ela pede alguma coisa”.

* Do cabalista Abraham Abulafia: Se uma pessoa consegue controlar as fantasias da mente, pode dirigir a vida como se conduz um cavalo. Se puder controlar sua mente conforme seus desejos, terá controle da vida.

 

* Nunca se sabe quanto tempo viveremos, por isso não há momento tão importante quanto o presente. Hoje, não pense e repense nem analise demais. Não se prenda em uma coisa, siga adiante e aja rápido.


* Como seus dons e talentos beneficiam outras pessoas? A maior plenitude não vem quando realizamos por nós mesmos, mas quando o fazemos pelos outros. Use sua Luz para iluminar vidas ao seu redor.


* Não existem coincidências. Cada pessoa com quem você se encontra, cada palavra que você ouve por acaso, é uma parte de um plano elaborado para lhe ajudar a se elevar e ser uma pessoa melhor.


* A Kabbalah nos ensina como conectar com a Luz dentro de nós. Seus medos são barreiras que lhe tiram de contato com sua parte eterna. Preste atenção para seus medos e faça um esforço para confrontá-los.


* Para realizar o impossível, você precisa enfrentar o desconhecido. Mudança leva à mudança. Pratique pequenas mudanças, como ir trabalhar por um caminho diferente, ou pedir uma bebida diferente no almoço.


* Falar mal dos outros faz parte de nossa natureza, por diversos motivos como insegurança ou inveja. Mas a “má língua” faz um enorme mal para a alma. Preste atenção hoje para o que sai da sua boca.


* Há dois tipos de raiva, uma positiva e a outra negativa. É positiva quando vem de amor e de querer o bem do outro, como quando um pai educa os filhos. Mas quando vem do ego e da frustração é negativo.


* Quando tudo está dando muito certo na vida, surgem pensamentos dizendo que “é bom demais para ser verdade” e que “logo as coisas começarão a dar errado”. Silencie essa voz pessimista e aprecie o bem.


* É bem fácil ver o que há de errado com as pessoas ao nosso redor, principalmente com aquelas que estão mais próximas. Nossa tarefa é transpor essas barreiras e ver o que tem de bom na pessoa.

 

* Meu mestre, Rav Berg, sempre ensinou que é fundamental nunca nos esquecermos de uma pessoa que nos fez um favor ou nos ajudou quando precisávamos. Mesmo se a pessoa tiver se afastado, não seja ingrato.

* Por que temos toda a paciência do mundo quando se refere a nossos próprios erros, mas não temos a mesma tolerância com os outros? Hoje, dê uma chance para que os outros mudem. Não julgue tão rápido.

* Uma pessoa que realmente quer se conectar com a Luz precisa sentir como se a Luz tivesse lhe abandonado. Somente através da humildade podemos nos elevar a grandes alturas, diz Rav Nachum de Chernobyl.

* Faça o máximo de esforço para gostar das pessoas ao seu redor e estar feliz mesmo quando nem tudo estiver indo como você gostaria, ensina Rav Chaim Vital.

* Retire raiva e tristeza do seu coração, pois estas características serão obstáculos entre você e a Luz.

* Ao rezar, é importante manter os pensamentos focados em conceitos espirituais. Assim os anjos podem direcionar a energia para onde ela precisa ir. Se a mente vagueia, eles não conseguem cumprir sua tarefa.

* Não é fácil distinguir o certo e o errado. Precisamos rezar todos os dias para Deus abrir nossos olhos para vermos o que realmente é positivo e o que é negativo, e para entendermos as mensagens que recebemos.

* Você tem total capacidade de superar as situações negativas da vida. Quanto mais difícil o desafio, mais você se eleva, e mais o Criador aumentará o peso da sua carga, sabendo que você consegue aguentar.

* Os cabalistas afirmam no futuro todos nós seremos perfeitos, e o mundo será pacífico e unido. Como o tempo é uma ilusão, este futuro já existe agora. Visualize hoje a versão perfeita de você mesmo.

 

* O Zohar ensina que o fim está incluído no início. O resultado positivo ou negativo de nossas ações depende da intenção inicial. A intenção dá forma a capacidade do nosso receptor, do nosso desejo.

* Meu mestre, Rav Berg, diz que a mudança acontece quando a dor de permanecer igual é maior que a dor da mudança. Quando “não agüentamos mais”, começamos a compartilhar mais e a nos transformar.

* Muitas vezes não temos total clareza de qual caminho devemos tomar. Simplesmente faça uma escolha seguindo sua intuição e vá em frente com certeza. Ao fazer isto, a clareza vem.

* Perguntaram ao cabalista Rav Menachem de Kotzk: onde está Deus? Onde o deixam entrar, o sábio respondeu: Ele entra pelo coração. Abra seu coração para entender a dor dos outros e deixe o amor fluir.

* Está escrito: “Deus não está distante”. Não permita que seus pensamentos obscuros lhe convençam que você está muito longe de ser quem gostaria de ser. Todas as respostas e soluções estão dentro de você.

* Todos nós podemos cometer erros. Estamos aqui exatamente para cair - e para depois nos levantarmos de novo. Não podemos cair na culpa de sentir que nossos “pecados” nos tornam indignos de estar vivos.

* Se tiver uma boa idéia, não pense muito, para que não seja tarde demais. Entre logo em ação e faça o que sabe que é certo.

* Precisa de mais motivação? Você tem duas escolhas: espere a dor chegar para sair da cama, ou simplesmente pule e diga: vou fazer.

* A pergunta vem sempre antes da resposta. Antes de obter respostas é preciso saber fazer a pergunta certa, incluindo a mais básica: “o que estou para fazer ou dizer vai revelar ou ocultar Luz no mundo?

* Quer prosperidade? É preciso criar um circuito. Quando damos, recebemos mais para podermos continuar dando. Quando acumulamos, criamos buracos negros e não temos prosperidade por falta de fluxo.

 

* Queremos uma vida fácil, sem batalhas. Mas isto não existe, a vida é uma luta constante. Sem desafios a vida seria chata. Uma linha reta na sala de emergência significa o fim. Aprecie os obstáculos.

* Um dos piores sentimentos que existe é quando temos algo dentro de nós e não conseguimos compartilhar isto com outras pessoas. Uma das coisas que nos traz plenitude é compartilhar com os outros quem somos.

* Ser um verdadeiro líder significa se preocupar com as pessoas, julgá-las com compaixão, resistir ao reflexo de se desligar delas. Fazer pelos outros sem pensar no retorno, isto é ser um líder.

* Todos nós desejamos as mesmas coisas. Os desejos das pessoas mais próximas a você são semelhantes aos seus: mais carinho, mais compreensão, mais paciência. Hoje, dê a eles o que você mesmo quer receber.

* Temos uma consciência condicionada. Nós nos convencemos de que nunca encontraremos a pessoa certa, e assim as ações que fazemos não nos colocam numa posição em que possamos encontrar a pessoa certa.

* A alma precisa descer a este mundo físico para que possa se elevar a um nível ainda mais alto. Quebrar nossos padrões de comportamento, isto é, correr riscos, é o meio para se alcançar este objetivo sagrado.

* Se seus esforços positivos ainda não tiverem voltado a você, saiba que voltarão, em algum momento. E aprenda a ter paciência para permitir que a Luz faça sua magia.

* Vivemos uma batalha diária contra nossas dúvidas e medos. Infelizmente, a maioria de nós não tem a menor idéia de que estamos em plena guerra. Hoje, lute conscientemente contra seus medos e inseguranças.

* Por que nos fechamos emocionalmente, evitamos sair com alguém, ou tememos cultivar novas amizades? Por não suportarmos a dor! Dispa-se desta armadura. Expor a si mesmo é libertador.

 

* As pessoas que mais nos incomodam freqüentemente são as pessoas com as quais mais temos o que aprender. Pense numa pessoa com quem você está lutando e questione o que ela está aqui para te ensinar.

Shefa brachot! (Abundância de benções)
Beijos de Amor e Alegria na Luz do Nome Inefável.

 

83 Dia - Sementes de Cabala


* Nós recebemos uma dádiva incrível do Criador: temos um poder divino com o qual podemos fazer a diferença no mundo. Você tem uma alma linda e única. Acredite em si mesmo, porque é verdade.


* Faça um esforço para eliminar raiva e tristeza do seu coração. Perdoe as pessoas incômodas. Se possível, dê amor a elas. Elas certamente precisam de amor, e provavelmente é por isto que são como são.


* Meu mestre, Rav Berg, costuma dizer que a pessoa muda quando a dor de continuar igual é maior que a dor da mudança. Para mudar, imagine a dor que você sentirá lá na frente se continuar tudo como está.


* Antes de chamar alguém de hipócrita, conceda à pessoa o benefício da dúvida. Somos humanos e estamos nos desenvolvendo. Uns estão mais adiantados, mas estamos juntos na mesma jornada.


* Para melhorar um relacionamento, em vez de focar no que você espera receber, foque no que a outra pessoa precisa. Quanto mais você fizer isto, mais revelará aspectos profundos e belos da relação.


* Procure o equilíbrio. Quando perceber que pendeu demais para um lado, volte para o centro. Se estiver falando demais, fique quieto. Se estiver fechado, coloque seu ponto de vista.


* Por medo de nos decepcionarmos e sofrermos, nos prevenimos e nem deixamos as pessoas se aproximarem. Baixe a guarda, tenha fé nas pessoas, tenha fé em você mesmo, deixe a Luz entrar, deixe o amor entrar.


* Você gosta do que faz? É importante que goste, já que passa a maior parte do tempo fazendo isto. Descubra as pequenas coisas que lhe trazem prazer no seu dia, e faça as tarefas rotineiras com criatividade.


* Procuramos a plenitude em algum lugar externo, quando na verdade os maiores tesouros podem ser encontrados dentro de nós.


* Quantas vezes colocamos pessoas de lado por não gostarmos da sua aparência ou de como ela fala? Perdemos a oportunidade de nos conectar com pessoas incríveis por só vermos o físico.
Permita-se ver a alma.

 

* Às vezes passamos tempo demais pensando e repensando em alguma coisa antes de agir. Você sempre encontrará algum motivo para não fazer alguma coisa se pensar demais. Seja simples, aja.

* Minha mestra Karen Berg diz: “não fique correndo atrás do amor. Se você se ocupar em ajudar os outros, o amor virá, como uma borboleta, e pousará levemente no seu ombro.

* Num verdadeiro relacionamento de almas gêmeas as duas pessoas se dão uma a outra por completo. O interesse não está em receber algo para si mesmo, mas sim em compartilhar com a outra pessoa.

* Existem momentos tão perfeitos na vida que gostaríamos de ficar lá para sempre. Mas a vida segue, o passado já passou. Só temos o agora. O melhor está por vir, desde que você use o momento presente.

* Meu mestre, o cabalista Rav Berg, diz que no momento em que deixamos de dar valor, é o fim de um relacionamento. Nossa conexão com as pessoas, com nós mesmos e com a Luz do Criador depende da apreciação.

* Um dos segredos da felicidade é não ter expectativas. Queira mais, tenha sonhos, planos e projetos, mas se não acontecer do seu jeito tem que estar tudo bem também. Fique feliz com seu pacote atual.

* É fácil um casamento ficar atolado na rotina. Mas se você reconhecer que o conflito no relacionamento é um mecanismo valoroso que aponta onde você precisa se desenvolver, não há motivo para o desespero.

* Vencer as dúvidas não é fácil. A incerteza está tão entranhada na nossa consciência que estamos cegamente condicionados a ela. Reconheça suas dúvidas e peça ajuda à Luz do Criador para lhe tirar da escuridão.

* Nascemos com um potencial para alcançar grandes alturas. Mas acabamos nos contentando com menos, por estarmos consumidos pelas dúvidas. Nosso maior desafio na vida é vencer nossas próprias dúvidas.

* A lâmpada gera luz por causa do pólo positivo, que dá energia, do pólo negativo, que recebe, e de uma resistência, que não deixa ocorrer curto-circuito. Na vida, é preciso resistir para receber sem se queimar.

 

* Quando você está conversando com alguém, quem está falando, seu ego ou sua alma? Você está calculando como pode conseguir alguma coisa da pessoa, ou está pensando em ajudar e compartilhar?

* É inevitável que surjam conflitos de tempos em tempos num relacionamento. Mas em vez de reagir como de costume, tente descobrir como pode agir para mudar o filme da sua vida.

* Você e seu parceiro podem ter áreas de incompatibilidade, mas se você tiver tomado uma decisão sincera de se esforçar para alcançar juntos níveis de consciência mais elevados, acabará tendo uma ótima relação.

* Michelangelo disse que para esculpir o David ele só retirou as sobras da pedra e revelou o que já estava ali. Da mesma forma, para revelarmos a luz maravilhosa da nossa alma basta retirarmos as sobras: o ego.

* Um grande cabalista disse que o mundo é como uma ponte muito estreita, e que o mais importante é nunca ter medo.

* Estupidez é fazer sempre a mesma coisa esperando obter um resultado diferente. Se seu relacionamento ou trabalho não levar a lugar nenhum, para colher resultados diferentes tente outro caminho.

* Sempre existe alguma desculpa para duvidar de alguma coisa. Sempre. Mas se desejamos penetrar além da superfície das pessoas e das situações, precisamos ver o bem em tudo antes de começar a duvidar.

* Quando caímos na rotina do dia a dia, paramos de apreciar as pequenas coisas. Hoje, dê valor ao simples fato de estar vivo. Escolha uma dádiva e realmente aprecie o fato de ela ser parte da sua vida.

* Quando seu marido lhe conta o dia estressante que teve, ou um cliente reclama sobre algum pedido, onde está seu desejo? Você está pensando no que é melhor para ele ou está com a cabeça em outro lugar?

* Muitas vezes alguém não nos dá a atenção que esperávamos receber e levamos isto para o lado pessoal. Mas pode ser que a pessoa simplesmente esteja passando por um momento difícil e precise de um espaço

 

* A meta da espiritualidade é amar ao próximo como a si mesmo. Você se ama? Gosta de quem você é e do que tem a oferecer? Sente-se adequado e competente? Perceba tudo de bom que há dentro de você.

* A inveja destrói a alegria. Ficar desejando o que os outros têm tira nosso foco de apreciar todas as coisas maravilhosas que temos, levando a uma sensação de vazio, carência e tristeza. Aprecie o que tem.

* Vestimos máscaras que escondem quem realmente somos, por medo de que o mundo não nos aceite se formos autênticos. Quanto mais você aceita quem você é, menos precisa gastar energia em se esconder.

* Uma mulher quer encontrar Deus. Abandona seus bens materiais, sobe uma montanha e diz: ”Onde estás?” Ele responde: ”Estou aqui em baixo com as pessoas!” Para encontrar Deus, basta se conectar com os outros.

* Você pode querer coisas, mas ao mesmo tempo deve estar disposto a abrir mão se não for para ser seu. Ter expectativas nos afasta da felicidade. Você não pode depender de algo externo para estar bem.

* Como saber se uma pessoa está conectada com a Luz do Criador? O Zohar diz que é simples: se a pessoa tiver desejo pela Luz do Criador, significa que o Criador tem desejo pela pessoa. Onde está seu desejo?

* Quando algo mal acontece perguntamos por que. Quando fazemos algo errado questionamos: ”como pude fazer isto?” Mas a pergunta certa e proativa é ”quando vou começar a agir diferente e como devo agir?

* A Cabala ensina que viemos a este mundo para fazer por merecer a plenitude que a Luz do Criador que nos dar. Por isto, nada que traga satisfação duradoura pode vir sem esforço, sem merecimento.

* O universo é como um espelho. Conforme você age, o espelho reage igual. Você sorri, o espelho sorri de volta. Você faz uma cara feia, recebe outra cara feia. O que você prefere ver no seu mundo?

* Você não precisa ser um mestre espiritual para se comunicar com a Luz. Hoje, converse com Deus. Peça por sinais, mensagens, orientação. Saber pedir é o primeiro passo para receber ajuda de cima

 

* Deus está em você. Em mim. Em todo mundo. Se tivéssemos isto em mente o tempo todo seria muito mais fácil controlar nossas explosões de temperamento. Hoje, veja Deus dentro de todos.

* Há muito os Cabalistas sabem que nossos pensamentos determinam aquilo que percebemos como a realidade. Somos mais que meros observadores da realidade - somos criadores. Que realidade você está criando?

* Algum dia haverá paz na terra? Se não conseguimos estar em paz com amigos, irmãos e irmãs, como podemos esperar ver as nações em harmonia? Hoje, crie paz no seu interior e com as pessoas mais próximas.

* A vida sempre nos apresentará desafios e desconfortos. Você se sentirá rejeitado e ofendido. O que você pode fazer é aprender sua lição e seguir em frente. Diga: ”Próximo!” E vá em frente.

* Pense
no amor sem limites que um pai tem por seu filho. É assim que o Criador se sente em relação a você. Às vezes pode não parecer, mas esta desconexão é uma ilusão. Você está o tempo todo cercado de amor.

* O Zohar ensina que a oração do pobre é a primeira a ser aceita. Não se trata de pobreza financeira, mas sim de um estado mental de apreciação e humildade, no qual se compreende que todo sustento vem de acima.

* Pense nas coisas mais prazerosas da sua vida. Foram precedidas por momentos difíceis? O cabalista Rav Ashlag diz que ”toda situação boa nada mais é que o fruto que nasce de uma má situação que a antecedeu”.

* Você quer ser feliz ou quer ter razão? Mais vale a união, mesmo se alguém fez alguma coisa errada, do que demonstrar sua discordância, mesmo tendo toda a razão.

* Existe um sistema neste mundo que diz que quanto mais você dá, mais você recebe. Por isso temos um desejo de compartilhar. Mas a lógica nos aprisiona dizendo que se compartilharmos ficaremos com menos.

* Bem e mal são dois lados da mesma moeda. Por exemplo, qual o reverso da inveja? É ter um grande desejo. Nada de mal nisso, na verdade quanto maior o desejo melhor, desde que canalizado para as coisas certas.

 

* O tempo todo o Criador manda mensagens para nos guiar. Mas não estamos atentos, envolvidos demais com o dia a dia. Pergunte-se: ”Por que estou ouvindo isto? Por que isto está acontecendo comigo?”


* Verdadeira espiritualidade significa fazer parte da humanidade, e não estar acima dela. Hoje, preste atenção nas pessoas ao seu redor e entre em ação quando puder ajudar alguém.


* Quando estiver vendendo alguma coisa para alguém, ou tendo uma conversa sincera com um amigo, ou disciplinando seu filho, tire 60 segundos para pensar na outra pessoa. Se você fosse ele, como se sentiria?


* Temos uma tendência a interromper a outra pessoa quando ela esta falando. Como podemos amar e compreender os outros se nem ouvimos o que dizem? Hoje, perceba como é difícil não interromper.


* Um dos atributos de uma pessoa sábia é a capacidade de não dar crédito a pensamentos negativos. Não quer dizer que não os tenham todos têm ” mas eles não acreditam neles. É isto que os torna sábios.


* Cada parte do corpo tem um poder espiritual. Os olhos têm o poder de ajudar ou prejudicar ” outras pessoas. Os cabalistas afirmam que olhares invejosos podem causar dano real o conhecido olho gordo.


* Com quem você está se conectando e por quê? Você está com essa pessoa por amor ou por necessidade? Você dá espaço para o outro? Sua identidade depende do que a outra pessoa diz ou pensa a seu respeito?


* Quando estamos conversando com alguém, é fundamental que demos ao outro nossa atenção completa. Somente quando estamos neste estado mental podemos ter acesso à alma do outro.


* A tolerância é um ponto central nos ensinamentos da Kabbalah. Em todos os seus relacionamentos, permita que a outra pessoa seja ela mesma. Não tente mudar o outro. Simplesmente o aceite, e ame-o como ele é.


* Um relacionamento fica estagnado quando uma das pessoas só recebe, sem compartilhar. Não há nada de errado em receber, mas se não houver compartilhar aquilo que se recebe será limitado e insatisfatório.

 

* Não são os nossos problemas que nos deixam tristes. A tristeza é a causa, os problemas são a conseqüência. Esperar que qualquer força externa cause nossa felicidade é precisamente o que nos deixa infelizes.

* É comum considerarmos que os outros estão num nível mais baixo que o nosso. Mas você já deve ter estado na posição que a pessoa está agora. De que forma pode ajudá-lo a se elevar, como já fizeram por você?

* Assim como é acima também é abaixo, diz o Livro do Zohar. As mesmas leis se aplicam nos mundos superior e inferior. Observando as leis da natureza podemos aprender sobre a natureza humana.

* As mulheres não só tem a capacidade de absorver informação, mas também de transformar essa informação em algo prático, ensina Karen Berg. Este é um dos atributos que o Criador deu às mulheres. Use-o.

* Sorria. Seu sorriso manda a mensagem: meu coração está aberto para ser amigo, para lhe dar ouvidos, para me identificar com você. Dentro de mim eu criei um espaço para você.

* Karen Berg diz: se você sente que está julgando e criticando demasiadamente seu parceiro, tente contrabalançar isto praticando a arte de escutar.

* O papel espiritual das mulheres - o motivo pelo qual estão aqui - é ajudar o aspecto masculino a se corrigir. Ao fazer isto a mulher encontra a verdadeira felicidade.

* Os homens têm mais dificuldades em praticar a restrição de seus desejos que as mulheres. Por isso, os homens precisam passar por mais testes e etapas em seu processo de crescimento espiritual que as mulheres.

* Os homens não têm conhecimento espiritual inato como as mulheres têm. Para os homens, a vida é mais simples. Cabe à mulher moldar a energia do homem, como se faz com os filhos pequenos.

* De acordo com a lei cósmica, o marido precisa ouvir sua mulher. Se ela decidir que alguma coisa deve acontecer de uma determinada maneira, é assim que terá que ser. Você compreende o poder que tem?

 

* Meu mestre, o cabalista Rav Berg, costuma dizer que a diferença entre crianças e adultos é que ficamos adulterados. Renove sua inocência e desperte seu entusiasmo pela vida.

* Fortaleça o poder de pequenas ações positivas. Elas criam uma abertura que permite que a Luz flua através dela para sua vida.

* Em momentos difíceis, ficamos esperando que algum milagre aconteça. Mas temos que descobrir um lugar dentro de nós, ou criar um lugar, para que o milagre possa acontecer.

* Às vezes numa relação você pode até ter toda razão por se sentir vítima. Mas tem duas escolhas - estar incomodado ou dizer: o que posso fazer a respeito. Ficar preso no papel de vítima só trará negatividade.

* Uma maneira de expressar o compartilhar é dar o que o receptor deseja: amor, tempo, energia, dinheiro, etc. Mas existe outra maneira: pedir ajuda e permitir que a outra pessoa dê, e, fazendo isto, ajudá-la.

* O maior desafio num relacionamento é aprender a ser incondicional. Ter expectativas e condições num relacionamento é, em última instância, ser vítima. A energia de pobre de mim é o oposto da Luz.

* As mulheres são inatamente espiritualizadas. A fêmea nasce com enormes poderes espirituais, enquanto o homem precisa trabalhar para merecer os seus poderes.

* A melhor maneira de desenvolver a tolerância é aprender a arte de ouvir. Você não precisa concordar com tudo que seu parceiro ou amigos lhe dizem. Estar disposto a ouvir já é um lindo presente para eles.

* Nosso desejo é nosso receptor - o copo vazio que constantemente busca ser preenchido. Não existe limite para o nosso desejo.

* Nenhum contrato é mais importante que aquele que você tem com seus filhos, ensina minha mestra Karen Berg. Você tem passado tempo suficiente com eles?

* Quando sua consciência começa a se elevar, pode acontecer de alguns amigos antigos se afastarem. Você está mudando, mas eles não. Novos amigos surgem, com quem você formará uma conexão mais profunda.

 

* Todos nós temos nossas áreas de fraqueza, e não há nada de errado com isto. Estamos aqui para gradualmente nos transformarmos. A chave para vencer a fraqueza é admiti-la, e então pedir ajuda.

* Como lidar com as pessoas difíceis de quem não podemos fugir? Compreenda a dor que as faz ser como são. Veja além do comportamento incômodo e pergunte: qual dor interna faz a pessoa agir assim?

* A verdadeira felicidade não é uma reação a acontecimentos externos. Você pode ter finalmente conseguido o que tanto desejou, mas em pouco tempo a alegria se dissipa. A felicidade é uma força dentro de nós.

* A maneira mais efetiva de ensinar é ser um exemplo. Seja um modelo vivo do que quer transmitir. Não adianta os pais falarem para os filhos não usarem drogas enquanto bebem na frente delas.

* Quais são os seus talentos? Enumere algumas qualidades que lhe tornam especial. Feito? Agora, como você está usando seus dons para beneficiar os outros? Se não usamos um talento ele acaba nos prejudicando.

* Confunde-se muito amor com necessidade. A conexão entre duas pessoas não pode se basear em preencher as carências um do outro. Não pode vir de um vazio, porque depender demais do outro suga energia.

* Não podemos ficar fazendo contas numa relação - Fiz isso por você, agora você me deve o mesmo. Cobrar do outro ou ter alguma expectativa de receber em troca cria frustração e afastamento.

* O cabalista Rav Isaac Luria, o Ari, diz que a alma gêmea vem do outro lado do oceano. Quer dizer que devemos estar abertos para o inesperado. A pessoa certa pode vir de um background completamente diferente.

* A paixão forte do início de um relacionamento não dura muito tempo e não podemos depender disto para amar. Amor se constrói com o tempo, uma conexão profunda, uma telepatia, se entender só com o olhar.

* Para um relacionamento ser duradouro ele precisa estar acima da mera atração física. Não pode se basear somente nos 5 sentidos. Pergunte-se: daqui há vinte ou trinta anos, eu vou amar essa pessoa?

 

* As pessoas acham que um relacionamento esfria pelo fato de o sexo não ser mais tão excitante quanto era antes. Mas o físico é um resultado, nunca a causa. Havendo união entre as almas, haverá atração física.

* O verdadeiro amor está acima do tempo, espaço e movimento. Gostaria de estar todo o tempo com a pessoa que amo. Mas se for preciso estar longe, tempo e distância não prejudicarão em nada nossa união.

* Nesta vida não estamos à mercê da sorte ou da falta de sorte. Não pense: tomara que ano que vem seja melhor que o ano que passou. Está tudo em suas mãos. Faça acontecer.

* Deus nunca nos castiga – são nossas próprias ações que retornam como um bumerangue. Tudo que fazemos volta para nós de acordo com a lei de ação e reação.

* No relato bíblico da criação, em que dia a água foi criada? A água já existia no primeiro dia da criação! Isto ensina que a água é o que existe de mais próximo da Força da Luz de Deus neste mundo físico.

* Quando alguém nos conta suas aflições, sentimos necessidade de dizer alguma coisa que ajude a solucionar o problema. No entanto, se simplesmente ouvirmos com atenção, a resposta surgirá sozinha.

* Nem sempre você pode receber o que quer. A Luz sempre lhe dá o que você precisa. Com muita freqüência o que você deseja e pensa que lhe fará feliz não é o que de fato precisa para se sentir pleno.

* O único motivo pelo qual passamos por dificuldades na vida é por estarmos afastados da Luz do Criador.

* Quanto maior for nossa consciência de que tudo que existe é a Luz do Criador, mais Luz será revelada. No nosso mundo cortinas encobrem a Luz, mas temos que saber que tudo é a Luz do Criador.

Shefa brachot! (Abundância de benções)
Beijos de Amor e Alegria na Luz do Nome Inefável.

 

84 Dia -  Lashon Hará

Lashon Hará, ou a “maledicência” para os judeus é aquele hábito que todos temos de vez em quando de falar mal do outro. Dizem os judeus que falar mal de alguém - mesmo que seja verdade - corresponde a matar esse alguém.

Isso pode parecer exagero, mas quando estudamos Cabala compreendemos que tanto o pensamento quanto a palavra têm poder e devem ser usados adequadamente. As letras hebraicas são os tijolos com os quais Deus fez todo o universo (a palavra OLAM designa tanto mundo quando universo). Portanto palavras contém a essência daquilo que nomeiam e caso sejam agregadas a outras palavras, sofrem uma alteração de sua freqüência vibratória

Pois bem, de posse dessa informação, imaginem-se naquele “inocente” comentário sobre o amigo ou o vizinho que fez isso ou aquilo. Esse pequeno comentário é o suficiente pra envenenar as percepções de quem ouve a respeito do assunto ou pessoa em questão. A fala - energia de Hod - alimenta as percepções sutis de Yesod e as condiciona. Como o fluxo da Árvore da Vida é descendente, acabamos por criar uma realidade a partir de pensamentos e palavras.
O mesmo pensamento que cria coisas maravilhosas é capaz de destruir essas mesmas coisas maravilhosas, pois a partir de um simples pensamento, levantamos uma energia, criamos uma egrégora. E essa egrégora acabará por tornar real aquilo que dissemos.
Bendito / Maldito = agraciado pelas palavras / desgraçado pelas palavras
Palavras têm poder. Dizem que os anjos tinham certo desdém por Adão até o momento em que ele lhes disse algo que nem mesmo os anjos sabiam: a essência de tudo o que havia no Paraíso. Como Adão sabia disso? Ele sabia por que conhecia o segredo das letras, e sabia que letras compunham o nome de cada coisa. Isso dava a Adão um poder superior ao dos anjos.
O poder das palavras.

Portanto qualquer palavra pensada ou dita tem tanto poder quanto a palavra escrita. Se você falou mal de alguém, isso equivale energeticamente a assinar um documento no qual acusamos a pessoa de vários crimes e assinamos embaixo.
Eu sei que a aplicação prática disso é difícil - mas impossível não é.


Shefa brachot! (Abundância de benções)
Beijos de Amor e Alegria na Luz do Nome Inefável.


Voltar