chama violeta  Pager
07.20.02
   
 
 
 
Estudo das Cores da Aura

Aura Magenta - Reconfigurando as realidades

   A chave para entender o indivíduo de aura magenta é entender sua relutância em corresponder às expectativas e em aceitar as normas estabelecidas pela sociedade. Este indivíduo procura expressar sua individualidade usando, com bom gosto e criatividade, os objetos e as matérias primas a sua disposição. Como vê a vida através de um filtro de cor magenta, ele é o não-conformista do espectro.

A coisa mais difícil para ele é compreender a diferença entre compromisso e obrigação. Trancafiar-se num escritório, casar e ter filhos, ou administrar uma casa constitui uma forma de insanidade. Precisa aprender a criar para si um estilo de vida que funcione, mas que não agrida a sensibilidade dos outros. O indivíduo magenta revitaliza nosso conceito de criatividade oferecendo uma nova perspectiva, abrindo novos horizontes e explorando novos pontos de partida.

ABORDAGEM DA REALIDADE FÍSICA:
NEGANDO O CONCEITO DE "REALIDADE"

O indivíduo de aura vermelha quer subjugar a realidade, e o de aura laranja quer conquistá-la; o de aura magenta, contudo, quer levar a realidade física até o limite - aquele lugar onde fantasia e realidade se confundem. O magenta acredita que a vida só vale a pena ser vivida quando pode ouvir - e seguir - a própria voz interior. Vive no limite, criando em sua imaginação um ambiente físico tridimensional, que é muito diferente daquele no qual vivemos nosso dia-a-dia.

Eh como se ele se propusesse a demosntrar que eh mais astuto do que uma serpente, mais veloz do que uma gazela e mais agil do que um macaco.

Os indivíduos de aura magenta exercem sua criatividade no ambiente físico de forma semelhante à de seus irmãos de aura vermelha e laranja.

Preferem objetos concretos a abstrações. Trabalham com aspectos naturais criativos, mas tangíveis. Encontram grande satisfação em manipular, trabalhar, mudar ou construir algo real e específico. Tanto melhor e se for extravagante e controvertido.

Sua inteligência inovadora e criativa leva-o a explorar o inusitado, o bizarro, o afetado ou o estranho. Sua rebeldia lhe dá uma prespectiva distorcida do mundo, que é só sua. Dessa perspectiva inovadora e original é que advém o dom dos indivíduos da aura desta cor - criar experiências que permitam aos outros visualizar o mundo de um ponto de vista diferente. É como se o ser magenta nos pedisse para usar óculos tridimensionais especiais, transformando nossa vida tediosa e prosaica numa nova vida cheia de profundidade e perspectivas. Assim, o cotidiano parece ser bem diferente.

É extravagante, e gosta de ser assim. Orgulha-se de sua recusa em se adaptar aos mecanismos sociais que restringem seu pensamento ou suas atitudes. Ao criar um ponto de vista totalmente original, ele nos dá a oportunidade de rirmos de nós mesmos, e nos encoraja a descobrir formas de expressar nossa própria individualidade ao expressar a sua.

ATITUDES MENTAIS:
LIBERDADE DE EXPRESSÃO

O indivíduo de aura magenta possui uma inteligência ágil e brilhante - é esperto ao extremo, mas não tem a menor disposição para vencer uma montanha de detalhes tediosos. Torna-se especialista no campo que o interessa, ou no qual pode ganhar a vida. Porém, se não sente necessidade de informações, recusa-se a atravancar a mente com detalhes secundários, mas tem muita força de vontade e determinação em relação às coisas que considera importantes. É eclético no aprendizado. Pode ser excelente aluno quando o assunto o interessa ou sente necessidade de aprender alguma coisa. Caso contrário, move céus e terras para se distrair - de preferência inventando algo que entretenha a classe toda.
Temas escolares atraentes para inteligências inquiridoras, apresentados por professores flexíveis e criativos, são o ideal para ele que se sai bem no teatro, em línguas, em debates, na retórica, nas artes, nas ciências (se lhe for permitido "brincar" nos laboratórios), na educação física e no artesanato.

Precisa desenvolver sua capacidade para concluir projetos. Cada novo projeto é como uma isca artificial, faiscando e serpenteando na água, distraindo sua atenção do que deveria estar fazendo. Aprender a concluir uma tarefa é um dos mais difíceis desafios para ele. Projetos rápidos, fáceis de serem concluídos, proporcionam uma sensação de confiança e orgulho para o ser de aura magenta. Depois de experimentar a sensação de realizar algo, fica mais fácil para ele concentrar-se em seus projetos por períodos de tempo cada vez maiores. Essa capacidade de concentração lhe é muito importante e também necessária ao seu bem-estar e felicidade geral - ela lhe proporcionará uma gama maior de opções profissionais e uma chance maior de sucesso.

Seu processo mental parece errático, embora, na verdade, a maior parte das pessoas de aura magenta tenha uma idéia muito clara do que quer criar, dizer ou fazer. Como sua natureza é de ampliar os limites de tudo quanto encontra - consequências, costumes sociais, relacionamentos e valores pelos quais a maioria de nós julga e avalia a realidade -, procura constantemente formas novas e originais de usar os objetos do cotidiano. Muitas delas são inventoras de engenhocas originais sem as quais não poderíamos passar. São fascinadas pelo novo, pelo exótico, pelo incomum.

CONSTITUIÇÃO EMOCIONAL:
RECUSA A SUBMETER-SE

O maior problema do indivíduo magenta é a solidão. Pouca gente consegue tolerar a perspectiva distorcida da realidade tão natural para ele. Quando tenta se adaptar à realidade da vida, perde o contato com os verdadeiros valores internos, o que o faz mergulhar numa profunda depressão, derivada de uma real perda de energia. Muitas mulheres, sobretudo as de antigamente, de aura magenta, foram e são dissuadidas pela sociedade a acreditar que o caminho da felicidade é agir segundo os modelos e padrões da aura azul. Só que para um ser magenta, a trilha da aura azul é o caminho mais rápido para a loucura. Vida doméstica? Hospício certo.

Indivíduos de aura magenta são basicamente solitários. Não ficam felizes nem escondem o fato de que têm dificuldade em encontrar um parceiro compatível. Contudo, seus hábitos de trabalho, seu estilo de vida e sua energia inquieta tornam difícil criar e manter relações amorosas duradouras sem se sentir profundamente entediado em algum ponto. Sua vida é cheia de acasos felizes, confusões tragicômicas e problemas de comunicação mal-interpretada. Não querem organização, e essa característica mantém à distância muitos parceiros potenciais. Em geral, as relações duram tanto quanto dura a tolerância da outra pessoa à ambiguidade do indivíduo magenta.

As vibrações rápidas e intensas, as idéias ecléticas e as soluções extravagantes a problemas simples os tornam, contudo, extremamente atraentes e divertidos, porém passar a vida inteira no limite pode ser cansativo para a maioria dos indivíduos de outras cores de aura. Quando você está namorando, ter salada de repolho cru às 3 horas da manhã é o fim da picada, entretanto, para eles, é vida. Passear numa floresta inexplorada e cheia de feras assassinas é o cúmulo, mas, para eles, é a glória.

Exigências emocionais são para o indivíduo magenta uma sentença de morte, lesiva à personalidade. A aura magenta precisa explorar o ambiente e interagir de forma dinâmica com ele.

Em geral apreciam o exotismo na forma de vestir, no penteado, ou em qualquer outra coisa. Porém, essa extravagância é mais divertida do que feia ou cafona. Adoram uma inovação autêntica, que reflita o inconvencionalismo da própria personalidade, e ao mesmo tempo são especialistas em revelar o que a "novidade" significa - uma bobagem. A tendência da aura magenta a não levar a sério nem a si mesma é o que torna tal indivíduo tão enigmático e ao mesmo tempo tão sedutor.

Oscila muito entre o bom e o mau humor. O bom humor é expressão de sua liberdade, da percepção de si mesmo, de sua aceitação e criatividade. O mau humor surge quando é forçado a agradar os outros, da perda da autopercepção, ou do fato de não conseguir achar a saída de uma vida monótona. Qualquer ramo artístico - publicidade, cinema, participação em bandas de rock - oferece oportunidades de construir a ligação entre a realidade do seu eu interior e a realidade externa da vida social.

É extremamente beneficiado ao viver em qualquer parte do mundo onde chame menos a atenção. As pessoas magenta que vivem em cidades pequenas vão passar por mais dificuldades do que aqueles que vivem em grandes metrópoles.

ESTILO SOCIAL:
IRREVERÊNCIA E COMÉDIA

O indivíduo de aura magenta adora a multiplicidade do ser humano. È o "desmiolado" do espectro - engraçadíssimo, extravagante, ousando realizar coisas que os outros gostariam de ter coragem para fazer.

Diverte as pessoas com gargalhadas, troças, sátiras e brincadeiras absurdas. Traz dentro de si a certeza de que a existência é um grande teatro onde a comédia impera, mesmo nas sutilezas. Conviver com um ser de aura magenta é viver o imprevisível.

O único jeito de usufruir de uma festa, da vida social ou da amizade de um indivíduo de aura magenta é entrar no ritmo dele. Ele costuma ser irreverente, rebelde e relativamente negligente no que tange a costumes sociais e/ou morais rígidos. Não é anti-social, tem apenas uma visão diferente da vida. Mesmo quando passou por uma vida sofrida e restritiva, ele sabe de maneira intuitiva que rir é o melhor remédio.

Curte os absurdos da vida, mas é capaz de enlouquecer alguém que tenha uma visão mais "séria" das coisas.

Sempre descobre coisas inusitadas para ver e fazer onde vai. Quanto mais excêntrico o evento ou a atividade, mais ele se diverte. Adora misturar suas realidades.

É uma pessoa que faz amigos onde quer que vá. Todo encontro é uma oportunidade para conseguir entender como os outros pensam e sentem. Tem um grupo de amigos tão variado quanto os objetos de decoração de sua casa. Mas o elemento comum entre os amigos e as transas amorosas de um indivíduo de aura magenta é justamente a ausência de elementos comuns.

Coleciona amigos de ocupações e interesses extravagantes da mesma forma como algumas pessoas colecionam selos - por sua beleza, arte e originalidade.

Como a maioria de seus amigos é tão livre e desembaraçada quanto ele, não se estabelecem os laços de união e carinho comuns às pessoas de aura de outras cores do espectro. Isto não significa que o indivíduo de aura magenta não seja carinhoso ou atencioso, contudo prefere se livrar da pressão (e do medo) da responsabilidade confinadora e absurda de cuidar de outra pessoa. Às vezes se sente ferido por achar que foi ignorado, porém ser ignorado não é um preço alto a se pagar em troca de passar adiante a carga da responsabilidade.

O indivíduo de aura magenta tende a se casar várias vezes, não por instabilidade ou incapacidade de manter um relacionamento duradouro, mas por sentir que, depois de aprender todas as lições de vida que pode tirar de uma relação, é hora de ir em frente. Casa-se também por saber que o compromisso aumenta as oportunidades de um casal aprender com a experiência de viver junto. Adora ser o convidado de honra de uma festa - e que festa melhor do que a de seu próprio casamento?

Ele ainda tem a capacidade de romper um relacionamento de uma maneira que a outra pessoa saia ilesa emocional, física e espiritualmente. O indivíduo de aura magenta não é um destruidor. Gosta de aprender e experimentar; é participante e observador de uma cultura criada por ele próprio. Torna-se amigos de seus antigos amantes, considerando-os com frequência parte de uma grande família, por assim dizer.

Os de aura magenta se distinguem dos outros por escolherem com cuidado seus parceiros, tendo em vista as lições de vida que o relacionamento com essas pessoas possa oferecer. Além disso, seus parceiros em geral sabem que a relação não é necessariamente permanente. Ao menos, têm esta sensação.

PODER PESSOAL E ESTILO DE LIDERANÇA:
TRILHANDO AS PRÓPRIAS LEIS

O poder pessoal do indivíduo de aura magenta reside em sua disposição para estabelecer as próprias regras, não importando as consequências, pois sua adaptação a normas e expectativas sociais chega a ser fisicamente dolorosa para ele. A solução é ir para um outro lugar, na maioria das vezes para cidades grandes, onde sua tremenda singularidade pode ser absorvida pelo meio ambiente, e onde ele pode se fundir com a paisagem local. Escolhe amigos que apreciam sua visão alternativa da vida, e evita pessoas que insistem em fazer as coisas como sempre fizeram. Não se importa com a forma pela qual as coisas sempre foram feitas. Na verdade, isso não é uma boa recomendação para ele. Sua reação é sempre perguntar "por quê?". Para ele, a transformação é a essência do ser; a transformação permite-lhe sentir-se seguro e no controle do meio ambiente. Enquanto a maioria das pessoas com auras de outras cores precisa de um senso de familiaridade em sua vida, para o indivíduo de aura magenta a mesmice é a morte, e não segurança.

O ser magenta não tem a organização e o desejo de poder suficientes para ser um líder, mas acaba mesmo liderando, ao mostrar para as pessoas a estagnação e escravidão tradicionalista que existe na vida delas. O indivíduo de aura magenta exerce sua liderança quando compreende o que experimenta nos planos internos de sua psique e depois tem a coragem de agir de acordo com essas informações, fazendo com que parte de seu meio ambiente se adapte à visão de seu espaço interior. Não é rebelde sem causa, nem sua expressão criativa é necessariamente agressiva, mas sem dúvida é irônica. Isso não quer dizer que o ser de aura magenta não leve as coisas a sério, mas acontece que sua visão da realidade inclui, de maneira muito intensa, a percepção de que as coisas têm o peso e poder que nós mesmos damos.

OPÇÕES FINANCEIRAS:
CRIATIVIZANDO O MUNDO

O indivíduo de aura magenta é membro da família física; assim sendo, parece que sempre controla a forma pela qual funciona o mundo da realidade física. Sabe o que tem de fazer para ganhar dinheiro, gastá-lo de maneira criativa e ainda estar em dia com suas obrigações financeiras.

Porém, o mais importante é que consegue brincar com o dinheiro. Alimento e teto são os esteios básicos necessários, mas, em tudo o mais, tem necessidade de ser criativo. Para o indivíduo magenta, objetos e idéias criativas, imaginativas ou que provoquem a reflexão são as coisas verdadeiramente necessárias na vida. Ele consegue pensar que ir à loja de objetos usados do bairro é mais importante do que comprar legumes e verduras para fazer a salada do jantar - a menos, é claro, que esteja planejando uma festa vegetariana especial, ou uma guerra de tomates.

Dinheiro para ele é simplesmente o passaporte para novas experiências, idéias e formas de fazer as coisas. Adora viajar, explorar outros países, misturar-se com o povo e viver com ele. Pode ser visto participando das danças folclóricas na praça da cidade e aprendendo com as crianças a língua do lugar. Ele é o livre pensador do espectro, e viaja sob a proteção de seu charme individual.

Às vezes consegue ser prático e realista em relação ao dinheiro. Conhece o valor da moeda; só não quer ficar amarrado a esse sistema de valores. Em suas finanças, como em todos os outros aspectos da sua vida, sabe o valor e o significado de viver a vida como ela se apresenta. Não se interessa muito por uma gratificação futura, mas tem um respeito saudável pelo momento presente.

ESCOLHA PROFISSIONAL:
O FOGO DA ORIGINALIDADE

O indivíduo de aura magenta se sai bem em ocupações que precisem de muita flexibilidade, criatividade e potencial para idéias inovadoras e invenções. Precisa de empregos e carreiras que exijam pouca supervisão e muita livre-iniciativa.

As profissões que lhe são ideais são aquelas em que pode ganhar uma boa quantia de dinheiro num curto período de esforço concentrado. Isso lhe dá a flexibilidade financeira para ter tempo livre que em geral é usado para explorar diferentes aspectos internos e ambientais. Qualquer ramo das artes cênicas é excelente para ele, ou mesmo cinema e literatura de ficção. Sai-se especialmente bem em qualquer tipo de comédia, como organizador ou animador de festas.

Por ser tão engenhoso, pode trabalhar de forma independente, como artista, inventor ou escritor; geralmente é melhor autônomo do que empregado. Pode se beneficiar muito de períodos curtos e intensos de solidão fértil e criativa. Não precisa necessariamente da inspiração ou da motivação de outras pessoas, mas precisa de fato de um agente ou um representante para supervisionar e organizar seu trabalho da prancheta à linha de produção. Não se interessa por detalhes, porém tem grande sensibilidade para o essencial e para os resultados práticos e financeiros. Pode parece até desmiolado, mas faz parte da família física do espectro, e tem excelente senso de praticidade.

O indivíduo magenta se sai muito bem em qualquer actividade de vanguarda. Este tipo de trabalho o atrai por seu fascínio pelo brilhante, pelo jovem, pelo novo. Pode também ser um excelente vendedor - se não de objetos, ao menos de idéias novas. Atrai as pessoas para sua fantasia e depois oferece seu produto/idéia. Por causa dessa capacidade de viver sua fantasia, também é um bom empresário. É capaz de visualizar dinamicamente o sucesso, e a seguir transformar a meta imaginada em realidade.

ESPIRITUALIDADE:
COMUNHÃO COM A NATUREZA

Como o não-conformista do espectro, o indivíduo de aura magenta não está disposto a se deixar levar por qualquer convenção, conjunto de regras ou código de leis que regulem o comportamento, as atitudes ou as crenças. Só se envolve com um sistema ou uma organização da medida em que tem liberdade para ir e vir, conforme sua necessidade de renovação ou de reabastecimento de novidades.

A magenta, sendo uma das cores físicas, tem uma forte ligação com a terra. As práticas religiosas são por demais mentais ou emocionais para atrair o indivíduo de aura magenta por muito tempo. Ele precisa se enraizar em sua espiritualidade; prefere cultos ou atividades ao ar livre, que o coloquem em comunhão direta com a natureza.

Tem uma ligação íntima com a natureza porque as plantas e os animais não fazem outras exigências além da permissão de coexistirem harmoniosamente. O indivíduo magenta encontra conforto na natureza, que lhe permite se aceitar como de fato é. Caminhadas por bosques ou parques são formas através das quais ele expressa sua espiritualidade.

Reluta em participar de qualquer igreja ou organização, pois detesta estar subjugado a dogmas morais. Prefere manter suas opções em aberto para poder entrar e sair dos grupos quando bem lhe aprouver. Prefere organizações menos exigentes de lealdade e compromisso às que são rigidamente estruturadas, pois gosta de sentir-se livre para permanecer ou partir.

Apesar de suas extravagâncias, o indivíduo de aura magenta costuma ter os pés bem fincados na terra. Compreende o valor da natureza, tanto num sentido real como simbólico - o respeito pela natureza das coisas e pessoas como elas são. Em rituais, é capaz de entrar em contato com o poder da natureza. Por conseguir concentrar-se tanto em interesses metafísicos como nos físicos, ele é capaz de manter o equilíbrio e a estabilidade emocional em sua vida. Por sua vez, esse senso de equilíbrio e sintonia com a natureza lhe dá uma noção de centralização, uma idéia de quem realmente é e uma percepção do verdadeiro propósito de sua vida.


Volte a Homepage.