Elemental Artificial

 A Consciência Divina não pode estar consciente de tudo,  a confusão seria arrasadora. Deus seria louco. Assim, Deus delega poderes, consciência, trabalho a arcanjos. Os arcanjos não podem ficar conscientes de tudo o que acontece no imenso domínio deles. Delegam consciência, capacidades, poderes a uma multidão de anjos. Para não entrar em confusão, para guardar uma consciência clara, os anjos delegam poderes e tarefas a uma multidão de elementais: duendes, fadas, gnomos, ondinas etc.

Qualquer memória nossa, qualquer automatismo que adquirimos, capacidade ou pavor, é uma entidade, um ser muito consciente de si próprio e que persegue seu propósito com muita tenacidade e inteligência. O que fazemos de maneira natural, mas inconsciente, podemos fazer conscientemente.  Podemos criar um guarda, um dragão, tigre ou guerreiro que nos defenderá contra as más intenções e atitudes agressivas que andam por aí. Podemos criar uma entidade carregada do Poder de Júpiter, um cavalo mágico, que abrirá os caminhos da boa sorte para nós, mostrando-nos oportunidades, suscitando oportunidades, capaz de fazer de um obstáculo uma porta para ir mais longe do que os outros.

 Podemos criar um ser feito de relâmpago, uma entidade com os poderes de Urano, que vai nos inspirar, idéias novas, ações criativas. Podemos criar uma entidade que nos fará encontrar a pessoa certa, no lugar certo, na hora certa, como conta Harold Sherman. Podemos gerar uma entidade da Lua ou de Netuno, uma fada telepática que nos avisará quando uma pessoa querida precisar de nós.

Tanto quanto nos negócios, o esoterismo é um espaço onde as mentiras se pensam espertas: o paraíso das ilusões e das mentiras. Vamos criar uma entidade que nos avisará quando um guru, um mestre, tentar nos transmitir um ensinamento falso (na Realidade, todo o ensinamento é falso, nem a vida nem o espírito cabem em um ensinamento). A vida e a alma se encontram dentro de nós, nunca nas teorias e outras filosofias, e os filósofos não têm acesso ao templo interior.

Viagem Interior

 Na Luz do Sol, na Luz do Sol da sua alma, você deixa sua consciência subir,
eleva sua consciência um pouco acima da sua cabeça.
Parece que você é uma esfera de Luz, uma esfera de consciência,
um pouco acima da sua cabeça.
 Sente a Energia sutil que sobe do profundo da terra,
você está subindo com essa poderosa Energia. Mais alto. Cada vez mais alto,
chegando no oceano de Luz de cima.
Você é Luz, fluindo na Luz, um oceano de consciência, um oceano de música.

 De novo veste uma forma,
a forma do seu corpo humano, a forma do seu corpo de Luz,
descendo ao longo da cachoeira de Luz,
até o Templo do Sol.
Descendo através da Terra, para as profundezas ocultas do planeta.
 Nas profundezas profundas, você descobre o Templo de Lilith.

E, com curiosidade, entra na meia escuridão do templo.
A Deusa está feliz em receber você.
Sorrindo, aproxima-se, abraça você. Abraça você, entra em você.
A inteligência misteriosa de Lilith entra em você.
 Com a mão direita, você pega a Energia que desce de cima;
com a mão esquerda, pega a Energia que sobe das profundezas.
Aproximando suas mãos uma da outra,
sentindo a Energia fluindo de uma mão para a outra,

a música fluindo de uma mão para a outra.
Entre suas mãos, você arredonda uma esfera de Energia,
densificando essa esfera de Energia.
Modelando nessa massa uma figura, uma entidade,
deixando sua imaginação devanear uma figura,
deixando suas mãos se deliciarem em modelar um ser,
uma inteligência, um poder, uma entidade.
 Os olhos da entidade estão brilhando, são feitos de Luz pura.
Parece que um raio laser emana desses olhos brilhantes.
Esses olhos percebem o que está escondido, o que pode se esconder atrás de mentiras, percebem a verdadeira intenção.
Sua pele é feita de Luz.
Por toda a sua pele a entidade percebe o que fica para trás.
Você dá um nome a esse  Elemental que você criou,
o primeiro nome que vier à sua mente.

O primeiro nome que aparecer é o verdadeiro nome dele.
Basta chamar.
Basta chamar para senti-lo,
mas, na verdade, agora ele está sempre com você,
sempre pronto a avisar você.

 E você focaliza o Templo do Sol, a grande cachoeira de Luz.
A entidade está com você.
Ela está sempre com você. Ela guarda sua aura,
ela está
na sua aura, vigiando.

            anterior.gif (1189 bytes)            proximo.gif (1194 bytes)




O texto original é encontrado com toda a nossa gratidão em:
Descubra seu Lado Infinito