You spend all your time waiting

for that second chance

for the break that would make it okay

there's always some reason

to feel not good enough

and it's hard at the end of the day

I need some distraction

oh beautiful release

memory seeps from my veins

let me be empty

oh! and weightless and maybe

I'll find some peace tonight

 



in the arms of the angel

fly away from here

from this dark cold hotel room

and the endlessness that you fear

you are pulled from your wreckage

of your silent reverie

you're in the arms of the angel

may you find some comfort here

 













You’re so tired of the straight line

and everywhere you turn

there's vultures and thieves at your back

the storm keeps on twisting

you keep on building the lies

that you make up for all that you lack

it don't make  no difference

escaping one last time

it's easier to believe in this sweet madness oh

this glorious sadness brings me to my knees

 






















in the arms of the angel

fly away from here

from this dark cold hotel room

and the endlessness that you fear

you are pulled from your wreckage

of your silent reverie

you're in the arms of the angel

may you find some comfort here

you're in the arms of the angel

may you find some comfort here

 

 

 











           









Anjo

 






Você gasta todo seu tempo esperando

por aquela segunda chance

por aquela brecha que fará tudo ficar bem

há sempre uma razão

pra não se sentir bom o bastante

e é difícil ao fim do dia

Eu preciso de alguma distração

Oh bela remissão

memórias exsudam por minhas veias

deixe-me ser vazio

e mais leve e talvez

eu ache alguma paz essa noite

 












Nos braços do anjo

voar para longe daqui

desse escuro e frio quarto de hotel

e da infinidade que você teme

você é arrancado dos seus escombros

do seu devaneio silencioso

você está nos braços do anjo

possa você encontrar algum conforto aqui

 

















Você está tão cansado da linha reta

e qualquer lado que se vire

há abutres e ladrões em suas costas

e a comoção continua te desorientando

você continua erigindo as mentiras

que engendras por tudo que careces

não faz diferença

fugindo uma última vez

é mais fácil acreditar nessa doce loucura oh

essa tristeza gloriosa me faz cair de joelhos

 

Nos braços do anjo

Voar para longe daqui

desse escuro e frio quarto de hotel

e da infinidade que você teme

você é arrancado dos seus escombros

do seu devaneio silencioso














você está nos braços do anjo

possa você encontrar algum conforto aqui

você está nos braços do anjo

possa você encontrar algum conforto aqui.