chama violeta  Pager

PAN-JO PO-LÜO-MI-TO HSIN-CHING


PAN-JO PO-LÜO-MI-TO HSIN-CHING

KUAN TSU TSAI P'U SA HSING SHEN PAN JO PO LÜO MI TO SHIH
CHAO CHIEN WU YÜN CHIEH K'UNG TU YI CH'IEH K'U EH
SHE LI TSU SE P'U YI K'UNG K'UNG P'U YI SE
SE CHI SHIH K'UNG K'UNG CHI SHIH SE
SHOU HSIANG HSING SHIH YI FU JU SHIH
SHE LI TSU SHIH CHU FA K'ONG HSIANG
P'U SHENG P'U MIEH P'U KOU P'U CHING P'U TSENG P'U CHIANG
SHIH KU K'UNG CHUNG WU SE WU SHOU HSIANG HSING SHIH
WU YEN ERH PI SHE SHEN YI
WU SE SHENG HSIANG WEI CH'U FA
WU YEN CHIEG NEI CHIH WU YI SHIH CHIEH
WU WU MING YI WU WU MING CHIN NAI CHIH MU LAO SU WI WU LAO SU CHIN
WU K'U CHI MIEH TAO WU CHIH WI WU TE YI WU SO TE KU
P'U T'I SA TO YI PAN JO PO LÜO MI TO KU HSIN WU KUA AI WU KUA AI KU
WU YU K'UNG P'U YÜEN LI TIEN TAO MENG HSIANG CHIU CHING NIEH P'AN
SAN SHIH CHU FO YI PAN JO PO LÜO MI TO KU
TE A NOU TO LÜO SAN MIAO SAN P'U T'I
KU CHIH PAN JO PO LÜO MI TAO
SHIH TA SHEN CHOU SHIH TA MING CHOU
SHIH WU SHANG CHOU SHIH WU TENG TENG CHOU
NENG CH'U YI CH'IEN K'U CHEN SHIH P'U HSÜ
KU SHO PAN JO PO LÜO MI TO CHOU CHI SHO CHOU YUE
CH'IEH TI CH'IEH TI PO LÜO CH'IEH TI PO LÜO SENG CH'IEH TI P'U TI SA P'O HO
PAN JO PO LÜO MI TO HSIN CHING CHU SHU CHUNG

Sintonia Saint Germain


PAN-JO PO-LÜO-MI-TO HSIN-CHING

Quando o bodhisattva Avalokiteshvara praticava profundamente a perfeição da sabedoria, viu claramente que os cinco agregados [forma, sensações, percepções, vontade, consciência] são vazios em sua natureza. Assim, libertou-se de todas as tristezas e sofrimentos.

Ó Shariputra, a forma é vacuidade, a vacuidade é a forma. A forma não é outra senão a vacuidade, a vacuidade não é outra senão a forma. As sensações, percepções, vontade e consciência também são assim.

Ó Shariputra, todos os fenômenos são vacuidade. Não aparecem nem desaparecem, não são impuros nem puros, não crescem nem diminuem. Portanto, na vacuidade não há forma, sensação, percepção, vontade, consciência; não há olho, ouvido, nariz, língua, corpo, mente; não há cor, som, odor, sabor, tato, fenômeno; não há [reino dos sentidos, desde] o reino da visão até o reino da mente; não há [elos da existência dependente, desde] a ignorância e o fim da ignorância até a velhice-e-morte e a fim da velhice-e-morte; não há [as Verdades Nobres sobre] o Sofrimento, a Origem, a Cessação, o Caminho; não há sabedoria, nem ganho, nenhum ganho.

Sem o que ganhar, o Bodhisattva permanece na perfeição da sabedoria e não tem obstáculos em sua mente. Sem obstáculos e, portanto, sem medo, ele fica bem distante das delusões; isto é o nirvana. Todos os Buddhas dos três tempos, através da perfeição da sabedoria, alcançam a a iluminação insuperável, completa e perfeita.

Portanto, saiba que o mantra da perfeição da sabedoria é um mantra de grande divindade, um mantra de grande sabedoria, um mantra insuperável, um mantra inigualável, capaz de eliminar todo sofrimento; isto é verdade, não é mentira. Então, proclame o mantra da perfeição da sabedoria, o mantra que diz:

GATE GATE PARAGATE PARASAMGATE BODHI SVAHA


Sintonia Saint Germain


INDICE